Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho – Jornal A Verdade
Home / Brasil / Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho
vacinacao-gripe_ubs-vl-rio-branco-34

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 15 de junho

O Ministério da Saúde (MS) anunciou na terça (29) a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe até o dia 15 de junho. A decisão foi motivada pelos efeitos da paralisação dos caminhoneiros no atendimento em saúde. Inicialmente, o fim da campanha estava previsto para esta sexta-feira, 1° de junho.De acordo com os últimos dados do ministério, a campanha imunizou 35,6 milhões de pessoas, o que equivale a 66% do público-alvo. Para atingir a meta de imunizar 54,4 milhões de pessoas, o governo espera, com a prorrogação da campanha, vacinar os 18,8 milhões de brasileiros e brasileiras que ainda não receberam a dose da vacina.

O público-alvo da campanha inclui idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. Caso haja disponibilidade de vacinas, os municípios podem ampliar o público para crianças de cinco a nove anos e adultos com idades entre 50 e 59 anos.

Em Campo Limpo Paulista cerca de 60% das pessoas que fazem parte do público-alvo foram imunizadas. As Unidades Básicas (UBSs), exceto Jardim Europa e Vila Marieta, seguem atendendo a população em dias úteis das 7h30 às 12h e das 13h às 15h.

Já em Jundiaí as  Unidades Básicas de Saúde (UBSs) atendem normalmente de segunda a sexta-feira para a imunização da população. De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Fauzia Abou Abbas Raiza, a ampliação do prazo da oferta se dará enquanto houver estoques disponíveis. “A vacina para os grupos prioritários formados por crianças entre seis meses e menores de cinco anos, idosos, gestantes, puérperas e doentes crônicos, professores e profissionais da saúde, continua a ser ofertada, lembrando que a meta para a imunização deste público é de 90%. Ainda temos baixa adesão em um período de queda de temperaturas”, detalha a diretora.

Leia também

fogo_estrada

Queimadas às margens das rodovias aumentam 32%, aponta estudo do Grupo CCR

No período de maior estiagem, entre os meses de abril e setembro, o Grupo CCR …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com