Anjos da Guarda orientam crianças sobre soltar pipas com segurança – Jornal A Verdade
Home / Destaque / Anjos da Guarda orientam crianças sobre soltar pipas com segurança
pipa2

Anjos da Guarda orientam crianças sobre soltar pipas com segurança

Parte do trabalho socioeducativo realizado pela Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ), as equipes que integram a Ronda Escolar – Anjos da Guarda e o Programa Educação para a Não Violência (Educavi), visitam as escolas municipais de Ensino Básico e ministram palestra para passar orientações e cuidados para não causar acidentes desagradáveis ao soltar “papagaio” ou empinar pipa.

O assunto conta com a participação das crianças e professores, que inicialmente recebem as orientações, e depois colocam em prática a divertida brincadeira. Dentro do Projeto Pipa do Bem, os Anjos da Guarda alertam sobre os perigos das linhas cortantes, com o objetivo fundamental de orientar os alunos de 4ºs e 5ºs anos na prevenção e não utilização do cerol e linha chilena, buscando espaços mais adequados e abertos para a soltura das pipas.

Dessa forma, após a palestra realizada anteriormente pelo GM Tadeu Garcia na EMEB Professora Maria Angélica Lorençon, no bairro do Corrupira – com os conhecimentos prévios trabalhados pelo professor e os alunos – os GMs Regiane Arenhardt e Renan Domingues Fonseca, participaram do encerramento do Projeto Pipa do Bem, promovido no Parque da Cidade, Praça Pôr do Sol, reunindo a criançada e também os papais, finalizando o encontro com um piquenique.

Depois do aprendizado, a divertida brincadeira com o acompanhamento do Anjo da Guarda

“É gratificante ver o interesse e a alegria das crianças, atentas para os perigos das linhas cortantes, curiosas para o momento que a pipa ganha o céu. Cada uma conduzindo o seu brinquedo, procurando-nos para acertar as varetas, encontrar o melhor espaço para dar início ao que aprenderam”, conta o GM Renan.

As equipes da Ronda Escolar – Anjos da Guarda percorrem os bairros durante o ano todo, principalmente no período das férias escolares, quando as crianças estão mais entretidas com a brincadeira nos parques, praças e campos de futebol. O objetivo é orientá-las sobre os perigos, a prevenção; quanto aos adultos que fazem uso do material proibido, a fiscalização visa coibir a comercialização das linhas cortantes, com a recolha de quem as estiver utilizando.

Leia também

fogo_estrada

Queimadas às margens das rodovias aumentam 32%, aponta estudo do Grupo CCR

No período de maior estiagem, entre os meses de abril e setembro, o Grupo CCR …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com