Home / Destaque / CDL Jundiaí e Sincomercio impulsionam projeto de segurança na cidade
Reunião

CDL Jundiaí e Sincomercio impulsionam projeto de segurança na cidade

Doação de sete câmeras de monitoramento para o Centro e de adesivos para divulgar o número 153 da Guarda Municipal foi anunciada esta semana, na Prefeitura de Jundiaí, em reunião que discutiu as primeiras fases de um projeto integrado de segurança.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sincomercio Jundiaí, Edison Maltoni, participou quarta-feira (25) de reunião na Prefeitura de Jundiaí para discutir o projeto Centro Seguro, ainda em fase embrionária. A ideia é envolver diversas entidades, forças de segurança e unidades de Gestão da Prefeitura para garantir mais tranquilidade aos centros comerciais do município. Parceira no projeto, a CDL Jundiaí anunciou a doação de sete câmeras speed dome, de monitoramento, para serem instaladas em pontos estratégicos da região central. Já o Sincomercio vai doar a impressão de adesivos para divulgar o número 153 da Guarda Municipal. A intenção é que os comerciantes afixem os adesivos em seus estabelecimentos e acionem a GM em casos de necessidade. “A CDL fez um levantamento que aponta diversas câmeras instaladas em estabelecimentos no Centro. As sete câmeras que vamos doar vão complementar a capacidade de monitoramento e auxiliar o trabalho das forças de segurança”, afirma Edison Maltoni, presidente do Sincomercio e da CDL.

O projeto deve ser lançado em junho deste ano pela Prefeitura de Jundiaí e envolverá, além da segurança, paisagismo, limpeza urbana e a Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS). Os detalhes ainda estão sendo definidos por todas as entidades participantes e a próxima etapa, que está prevista para ser concluída até 14 de maio, é a instalação de fibra ótica no Centro para a implantação das sete câmeras.

Leia também

carros-ipva-1024x680

IPVA fica em média 3,34% mais barato em 2019 em São Paulo

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará mais barato em São Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com