Home / Destaque / Em comissão da reforma política, Miguel Haddad vota contra novo fundo partidário
Miguel Haddad

Em comissão da reforma política, Miguel Haddad vota contra novo fundo partidário

Membro da comissão que discute a reforma política na Câmara dos Deputados, o deputado federal Miguel Haddad (PSDB-SP) votou contra o novo fundo partidário na manhã desta quinta-feira (10), em Brasília. Apesar do posicionamento discordante ao texto que destina aproximadamente R$ 3,5 bilhões aos partidos políticos já nas eleições de 2018, o voto de Miguel não foi suficiente para barrar a tramitação da proposta, que agora será discutida em plenário. “É inaceitável criarmos um novo fundo, em torno de R$ 3,5 bilhões, para campanha política. Não faz sentido faltar dinheiro para a Saúde e manter dinheiro para campanhas”, justificou Miguel antes de votar contra a proposta.

O parlamentar ainda lembrou a calamidade vivida por estados como o Rio de Janeiro, que parcela o pagamento de funcionários públicos por não dispor de verbas. “Os candidatos precisam compreender que os recursos estão escassos no País e que a sociedade clama por mudanças nos últimos anos. É inadmissível uma proposta como esta”, concluiu.

 

About Jornal A Verdade

Leia também

Cartorio eleitoral (2)

Cartório Eleitoral em Várzea Paulista faz mutirão para cadastro biométrico neste sábado (9)

O Cartório estará aberto  nos dias 9 e 16 de dezembro, das  9 às 18 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com