Home / Cultura / EMEB Joaquim Candelário ganha projeto de novo prédio
emeb-candelario-de-freitas-204

EMEB Joaquim Candelário ganha projeto de novo prédio

O projeto prevê ações sustentáveis, como a implantação de uma horta vertical, captação de água da chuva e espaços pedagógicos

Alunos da Emeb Professor Joaquim Candelário de Freitas, acompanhados pelo prefeito Luiz Fernando Machado, conheceram nesta terça-feira (5) detalhes do projeto do novo prédio da escola da Vila Hortolândia. O imóvel, por ser antigo, passará por intervenção de grande porte. A Unidade de Gestão de Educação, pensando na aprendizagem e no conforto dos alunos, fará o remanejamento dos estudantes para espaço alugado, na Vila Rio Branco, na primeira semana de julho. “A escola passará por uma reformulação total. É um prédio de 60 anos, que tem problemas estruturais antigos. Viemos aqui após uma forte chuva e, desde então, estamos nos mobilizando. Teremos que tirar as crianças do convívio da comunidade, mas é uma necessidade. Construiremos uma nova escola, respeitando as ideias delas e dos educadores”, destacou o prefeito Luiz Fernando.

O projeto arquitetônico, além de prever ações sustentáveis, como a implantação de uma horta vertical, captação de água da chuva para reuso e espaços que ampliam as possibilidades pedagógicas, tem como diferencial a inclusão das sugestões dos alunos e da comunidade escolar.

A iniciativa da reforma fortalece as ações do programa Escola Inovadora, constituído pela atual gestão, que tem, entre os seus pilares, a valorização dos educadores, o investimento na aprendizagem dos alunos e nas estruturas físicas das escolas. “Foram solicitados parques, banheiros coloridos, salas maiores e mais arejadas, biblioteca, plantas, enfim. Todos – crianças e adultos – pensaram juntos os caminhos para uma escola mais bonita, eficiente e que conduza as práticas pedagógicas para um ensino de qualidade. Isso vem ao encontro do conceito de Escola Inovadora: a escuta ativa, a participação da comunidade nos processos”, comentou a gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques

 

Aprovação

Rafaella Vitória Berselie, de 6 anos, ficou encantada ao ver a planta da nova escola, com os “pedidos atendidos”. “Vai ficar muito legal. Eu queria muito a sala de brinquedos para brincadeiras livres e vai ter. Eu nem acredito.”

A diretora da Emeb, Maria de Lourdes Potente Santos, também se mostrou satisfeita. “É uma escola antiga e que precisa, com urgência, de reforma. Todo o processo para que isso ocorra está contando com o envolvimento de todos. Muitos pais foram alunos e é um desejo do bairro ver a escola renovada.”

Atualmente, a unidade tem 654 alunos matriculados de Educação Infantil (grupos 4 e 5 anos) e Ensino Fundamental. A previsão é que a nova Emeb Joaquim Candelário de Freitas seja entregue n o final de 2019. Até que as obras sejam concluídas, as atividades da escola serão realizadas no prédio localizado na avenida Itatiba, na Vila Rio Branco, onde por anos funcionou uma escola do Sesi. A UGE ofertará transporte para os estudantes se descolarem ao local.

 

Leia também

orquideas

Tem início nesta sexta (19) a 13ª orquivárzea que traz muitas atrações

Decoração da Orquivárzea terá natureza como tema; Ambiente busca inspiração na Mata Atlântica para valorizar a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com