Home / Cultura / Manhã educativa inicia Maio Amarelo 2018 em Várzea Paulista
Varzea maio amarelo

Manhã educativa inicia Maio Amarelo 2018 em Várzea Paulista

Atividade no Cemeb Arnaldo Netto — Jardim Itália — inclui palestra sobre prevenção de acidentes, dança de alunos acerca da faixa de pedestres e cidade mirim, com sinalização

O Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) Arnaldo Netto, do Jardim Itália, sediou uma manhã educativa sobre prevenção de acidentes, na sexta-feira (4), como início do Maio Amarelo 2018 em Várzea Paulista. Entre outras ações, o evento incluiu uma palestra sobre prevenção de acidentes, dança de alunos da escola com dicas sobre faixa de pedestre, e até mesmo uma cidade mirim, sinalizada para ensinar os pequenos. A atividade insere a cidade no movimento feito em todo o mundo, ao longo deste mês, para a redução de acidentes no trânsito. No Brasil, o tema é “Nós somos o trânsito”.

A palestra foi ministrada pelo agente de trânsito Jason dos Santos que debateu  a importância de entender o trânsito como algo formado por pessoas que precisam ter suas vidas respeitadas. O servidor explicou porque é importante respeitar o próximo não só neste mês, mas o tempo todo. “Dessa forma, evitamos acidentes que muitas vezes podem matar alguém ou deixa-lo em uma cadeira de rodas”, explicou.

“Muitas vezes pensamos: por que é necessária uma vaga para cadeirante? Por que um velho precisa ir ao banco? Qual a necessidade de fazer uma faixa de pedestres, apenas para gastar tinta? Temos que mudar esse pensamento”, finalizou.

 

Alerta importante

O gestor municipal de Trânsito, Oseas Martins, afirmou que a campanha do Maio Amarelo visa a modificar a mentalidade dos condutores. “Tudo isso que fazemos é para tentar mudar a forma de pensar das pessoas. Se você já passou por algum acidente, tente relembrar se foi causado foi uma falha mecânica ou humana. 94% dos acidentes são causados por erros das pessoas”, informou. “As empresas automobilísticas estão trabalhando para melhorar a tecnologia, com airbags e outros dispositivos. Nós estamos tentando mudar o pensamento das pessoas”.

No município, ainda há um caminho a percorrer, segundo o administrador. “Este ano o novo CTB (Código de Trânsito Brasileiro) completa 20 anos e uma das orientações que mais damos às pessoas é: se vai dirigir, use o cinto de segurança. Mas a principal multa que aplicamos em Várzea Paulista ainda é por falta do uso desse dispositivo”, revelou.

O vice-prefeito e gestor municipal de Educação, Rodolfo Braga, corroborou a ideia de educar os alunos e citou alguns avanços da cidade nesse quesito. “Eu observava a altíssima educação no trânsito em Brasília, onde os motoristas param para os pedestres usarem a faixa, e pensava em como seria bom se Várzea Paulista também fosse assim. Hoje, observamos que, em nossa cidade, o respeito à faixa de pedestre é grande, principalmente na Avenida Fernão Dias Paes Leme. Quando o pedestre sinaliza que vai utilizar a faixa, o condutor já para seu carro. E isso é resultado de trabalhos como este do Maio Amarelo”.

 

Outras iniciativas

Ao longo do mês, serão feitas, em datas a serem definidas, as blitz educativas, voltadas a munícipes em geral. Empresas e escolas particulares interessadas em ter palestras da Unidade Gestora de Trânsito podem contatar a pasta, por meio do telefone 4595-4009, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas (falar com Carlos Ferreira).

Leia também

Sessão (22)

Desportiva e Santa Marta são excluídos do Amador de Várzea

Decisão da Unidade Gestora de Esportes diz que a decisão é irrevogável; torcidas e dirigentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com