Home / Brasil / Medo de dirigir atinge grande parte da população. Como vencer?
1-medo

Medo de dirigir atinge grande parte da população. Como vencer?

A insegurança, traumas vividos, falta de confiança em si mesma, entre outros fatores, são algumas das causas desta fobia

 

O medo de dirigir é um inimigo cruel: causa estresse, dor e ansiedade até em situações corriqueiras, como ir ao trabalho, passear pelo bairro ou buscar os filhos na escola.

Uma pesquisa da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) aponta que dois milhões de brasileiros sofrem com problemas que os impedem de dirigir. Com muito cuidado é possível superar esse medo que tantos motoristas sofrem.

Na avaliação da psicóloga Cintia Mazzeto Diniz da costa as pessoas Ainda tem medo de dirigir por várias razões, entre elas, a insegurança, traumas vividos, falta de confiança em si mesma, entre outros fatores. “Sem duvida, excesso de trânsito, acidentes presenciados, influenciam diretamente e de forma negativa a vida de qualquer motorista”, salienta a profissional, destacando que não existe uma faixa etária mais afetada, pois toda fobia depende de alguns fatores e, portanto não há um padrão de comportamento.

No entanto, a psicóloga observa se que quanto mais tempo a pessoa demora a começar a dirigir ou procurar ajuda e superar seus medos, mais difícil vai ficando o enfrentamento. Em relação ao sexo, ela pontua que os homens não apresentam tantos medos e, portanto também podem se envolver mais em acidentes devido à falta de critério muitas vezes ao fazer, por exemplo, uma manobra arriscada. “Alguns homens podem, sim, inibir a mulher com atitudes machistas e até comentários a desempenho na direção de uma mulher”

Por sua vez, Cintia  salienta ainda que algumas pessoas, embora possuam habilitação , não se sentem aptas a dirigir por diversas razões. “Principalmente por medo. Medo de errar! Nesse  caso deve se procurar ajuda especializada, de um psicólogo e auto escolas que estejam preparadas para reabilitar esse motorista”, orienta.

Para superar o medo na idade adulta, ela destaca que seria importante desde cedo a criança já ser orientada sobre o trânsito, direção e outros temas, pois, em sua opinião, quanto mais cedo falarmos sobre o assunto , mais chances de acerto. “As crianças poderiam receber orientações de acordo com sua faixa etária. Se desde cedo recebêssemos educação para o trânsito, com

noções de cidadania e tolerância, certamente estaríamos um passo à frente e certamente o motorista não teriam tantos medos”, enfatiza reforçando que é necessário que a pessoa enfrente o problema e não desista. “É preciso que  ela olhe para seu interior e entenda  o que esta causando seu medo. Se foi um trauma, um acidente, a falta de confiança. Vale ressaltar que todo medo esconde uma forma de tentar não fracassar. Porém. só através das tentativas podermos acertar”, argumenta.

Leia também

Acredite no tempo, na sabedoria e principalmente no amor. Aí com certeza, um dia a felicidade há de bater à sua porta! Tenha tempo para os sonhos, eles conduzirão sua carruagem para as estrelas"

Hoje é o Dia Internacional da Felicidade

O International Day of Happiness, como é conhecido internacionalmente, tem o objetivo de promover a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com