Home / Brasil / Outubro Rosa: o mês da prevenção do câncer de mama
Outubro-Rosa-810x480

Outubro Rosa: o mês da prevenção do câncer de mama

O câncer de mama está entre os tipos da doença que mais acometem mulheres em todo o mundo e no Brasil

Embora outubro seja o mês no qual a população mundial lembra a luta contra o câncer de mama com uma campanha chamada ‘Outubro Rosa’ é importante que as mulheres não deixem apenas para esta época se preocupar com sua saúde. O importante é ter atenção o ano todo e não deixar de fazer os exames preventivos.

O Outubro Rosa surgiu nos Estados Unidos, na década de90, e foi adotado pelos demais países do globo para alertar as mulheres e entidades governamentais sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce dessa doença tão devastadora, que, somente no Brasil, atinge cerca de 156 mulheres por dia.

O nome da campanha tem referência no laço rosa que é usado desde a 1ª Corrida da Cura, realizada em Nova York, para estimular a participação da população, entidades e empresas na luta contra o câncer de mama.

Durante todo o mês, a campanha busca incentivar mulheres com idade entre 40 e 69 anos a fazerem os exames de ‘Mamografia’ para prevenir a doença ou descobrirem um possível diagnóstico de maneira precoce, de modo a aumentar as chances de cura.

mamografia 2

A importância da luta contra o câncer de mama

O câncer de mama está entre os tipos da doença que mais acometem mulheres em todo o mundo e no Brasil, algo em torno de 25% do público feminino, perdendo apenas para o câncer de pele. Ele comumente costuma atingir mulheres a partir dos 35 anos de idade, tendo os seus riscos aumentados a partir dos 50 anos.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) indicam que, somente em 2018, deverão ser registrados outros 57.900 novos casos da doença. É importante incentivar familiares e amigos a prevenirem-se contra a doença, incluindo os homens. Antes dos 30 anos, são raros os casos de câncer de mama, mas isso não significa que as possibilidades estejam totalmente descartadas. Da mesma forma, apesar de também ser bem raro, o que muita gente não sabe é que a doença também pode surgir em homens, sendo responsável por cerca de 1% dos casos.

Por isso, é de extrema importância que homens e mulheres, principalmente este último grupo, se atentem para a prevenção e diagnóstico precoce da doença, fazendo a mamografia pelo menos uma vez por ano para eliminar quaisquer riscos. Segundo especialistas, a realização dos exames nas mamas de modo regular pode diminuir as chances de morte por câncer de mama em 30%.

 

Fique atenta aos sintomas e procure um médico

Conhecer o próprio corpo está entre os cuidados primordiais para detectar qualquer tipo de doença, inclusive o câncer de mama. Por isso, pegue o hábito de apalpar sempre as suas mamas, prestando sempre bastante atenção no que é normal para elas e quando há qualquer alteração suspeita. Toque-as durante o banho, deitada (antes de dormir ou ao acordar) ou na frente do espelho. O auto-exame deve ser feito pelo menos uma vez por mês, sempre entre 3 a 5 dias após o aparecimento da menstruação ou em uma data fixa, no caso de mulheres que não menstruam mais. Procure por nódulos fixos e indolores e verifique se a pele das mamas está avermelhada, retraída ou com protuberâncias semelhantes a uma casca de laranja.

Outros sintomas que pode estar relacionados ao câncer de mama são alterações nos bicos dos peitos (mamilos), nódulos pequenos nas axilas ou pescoço e saída de líquidos anormais das mamas. É claro que nem sempre estes sinais estarão relacionados à doença, mas uma avaliação médica é essencial para detectá-la precocemente e aumentar as suas chances de cura.

 

 

Leia também

Pat

PAT de Jundiaí divulga vagas disponíveis na cidade e região para esta segunda (15)

Os interessados devem comparecer à rua Zacarias de Goes, 530 – Centro. O atendimento do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com