Home / Destaque / Prefeita de Jarinu, Eliane Lorencini, faz balanço dos 15 dias de gestão
Jarinu balanço

Prefeita de Jarinu, Eliane Lorencini, faz balanço dos 15 dias de gestão

 

Mesmo ao iniciar sua gestão com uma pendência financeira, que chega a casa dos R$ 46 milhões, a Prefeita Eliane Lorencini, juntamente com seu vice-prefeito Cláudio Catroque, entende como proveitosos os quinze primeiros dias de sua administração, principalmente com relação a sua equipe de trabalho.

Para Eliane neste período, sua gestão conseguiu um grande desempenho, entre eles a quitação do pagamento atrasado de dezembro e férias dos professores, que foi quesito prioridade nessas duas semanas. “Conversei com o máximo de funcionários que consegui e solicitei que os secretários fizessem o mesmo. Expliquei a situação da Prefeitura e pedi a compreensão para que em menos de 20 dias pudéssemos sanar o problema de pagamento. Eles confiaram em nós, e conseguimos honrar com o pagamento”, comemora.

Quanto à questão da limpeza pública, que era a segunda prioridade do Governo, a administração deu exemplo. “A situação estava crítica, mas com conversa e empenho de todos os servidores, para garantir uma cidade mais harmoniosa, colocamos um ritmo e demos outra cara ao município. Hoje, parte da região central esta limpa, e, agora, estamos trabalhando no restante do município”, frisou.

Tendo mais de 17 anos como funcionária pública, e ao seu lado, como vice-prefeito, um empresário com mais de 30 anos de experiência, a prefeita diz que fará o possível para melhorar todos os setores, buscando recursos em todas as esferas. “Precisamos do apoio Estadual e Federal. Nessas duas semanas estive duas vezes com o governador Geraldo Alckmin e alguns deputados estaduais e federais. Expliquei nossa situação e pedi ajuda. Precisamos estar lá, batendo na porta semanalmente, para conseguirmos recursos e é isso que farei se for para o bem da nossa população”, disse, destacando que agora sua preocupação é regularizar o nome da Prefeitura junto aos credores. “Temos uma dívida com o INSS que não aparece no Portal da Transparência, por não ter sido contabilizado, como outros valores, e esses prejuízos são irreversíveis, pois no caso do INSS, além da parte da Prefeitura, a parte que foi descontada dos servidores também não foi paga junto a Previdência. Teremos que recolher todo esse valor, que passa dos R$ 11 mi e reativar o nome da prefeitura junto a Receita Federal e INSS, só assim a cidade poderá receber novos recursos”.

Da mesma forma, Eliane Lorencini destacou que há um ano e meio a prefeitura esta devendo para concessionária de energia (Elektro), não pagando a conta de iluminação pública. “Com isso a cidade corre risco de corte no fornecimento de energia pública e pode ficar no escuro. Esse valor chega a R$ 1 milhão de reais”.

Para finalizar a Prefeita e o Vice destacaram que sabem que algumas dívidas sempre passam de um ano para o outro e ficam contabilizadas, o que é normal numa administração pública, porém passaram muitas dívidas que não estavam registradas. “Isso não poderia ocorrer”.

 

Leia também

Festa do Morango (2)

35ª Festa do Morango de Jarinu/Atibaia começa neste sábado, 23

Tem início neste sábado, dia 23, às 9 horas, a 35ª edição da Festa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com