Home / Destaque / A luta continua: Em 15 anos de existência, Avenida Marginal do Rio Jundiaí ainda é a grande bandeira do JV Regional

A luta continua: Em 15 anos de existência, Avenida Marginal do Rio Jundiaí ainda é a grande bandeira do JV Regional

Embora seja uma vicinal do estado, a manutenção de seu leito é de responsabilidade das prefeituras por onde passa

Não é de hoje que as vias da Marginal do Rio Jundiaí têm causado muitos transtornos aos que transitam por ela. Ao longo dos últimos anos, muitos acidentes e mortes já foram registradas pelo Jornal A Verdade Regional, que desde sua inauguração levantou como bandeira, lutar por melhores condições desta importante via de acesso.  Tanto que o fundador do JV Regional, Ernesto Francisco Musselli, tem nessa luta, uma determinação pessoal de ver a Marginal totalmente segura.  Mas nesse tempo que trava esta batalha, muito pouca coisa foi feita. Apenas ações superficiais, como recape, tapa buraco, quando na verdade, o ideal seria sua total recuperação.

Embora seja uma vicinal do estado, a manutenção de seu leito é de responsabilidade das prefeituras por onde passa. No caso, Jundiaí, Várzea e Campo Limpo Paulista. Por isso, muitas vezes acaba ficando no ‘empurra-empurra’ sobre a responsabilidade de sua conservação.

Na manhã da última quarta-feira (3), o JV Regional percorreu de ponta a ponta os dois lados da via e traçou um raio-x dos problemas existentes. Falta de sinalização (ou sinalização precária); mato alto na margem do rio, invadindo a pista; falta de acostamento e, principalmente, grande quantidade de buracos e desníveis no asfalto, são alguns dos obstáculos enfrentados. além de falta de defensas em alguns pontos.

Apesar de algumas ações realizadas há pouco tempo, em muitos trechos, a situação é bastante complicada e requer muito cuidados dos motoristas que passam pelo local. Dois trechos em especial chamam a atenção: uma verdadeira valeta após o viaduto Ermínia Fraga em Várzea Paulista no sentido Várzea Campo Limpo e uma verdadeira cratera no mesmo sentido alguns quilômetros a frente. Já no trecho de Campo Limpo. Já no trecho de Jundiaí, o maior problema é o mato alto.

No dia 20 de março os prefeitos de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, e de Jundiaí, Luiz Fernando Machado se reuniram para apresentar os projetos de recuperação ampla da Avenida Marginal do Rio Jundiaí. A reunião não contou com nenhum representante de Campo Limpo Paulista.

Leia também

Novos comandantes de batalhões da Região são apresentados à Administração Municipal

Os novos comandantes do 11º BPMI, do 49º BPMI e do 4º BPRV, Antonio Roberto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com