Home / Polícia / Ao deter suspeitos de crime ambiental, GM Ambiental de Várzea prende procurado por estupro

Ao deter suspeitos de crime ambiental, GM Ambiental de Várzea prende procurado por estupro

A ocorrência era para ser uma investigação de crime ambiental na região do Mursa, mas quando a GM Ambiental chegou no local, ao deter cinco pessoas que estavam desmatando uma área, descobriu que um dos acusados era procurado da Justiça por crime de estupro.

O fato ocorreu na tarde de terça-feira (6), quando o Inspetor Afonso e GM Carvalho da Guarda Municipal Ambiental foram acionados para atender uma ocorrência naquele local. “Recebemos a denúncia e quando chegamos, encontramos cinco pessoas cortando mato em uma área de proteção ambiental. Demos a voz de prisão e aprendemos os equipamentos que estavam sendo usados, como foices e facões”, contou o inspetor Afonso que teve o apoio do Subinspetor Éder e do GM Roberto.

gm mursa 2

Após serem detidos os acusados foram conduzidos até a Delegacia da Polícia Civil de Várzea Paulista, onde foram indiciados por crime ambiental e multados. “Na delicia, durante a pesquisa de DVC, foi descoberto que um dos homens era foragido da Justiça no Nordeste e procurado por estupro e teve a prisão decretada”, destacou o inspetor.

Denúncias

O Inspetor orienta a população que quem presenciar crimes ambientais na cidade pode entrar em contato com a Guarda Municipal através do telefone 0800 770 0811 ou 153, 24 horas por dia.

Leia também

Jundiaí: Guarda Municipal recupera carga roubada

Dois homens foram detidos nesta tarde (13) pela equipe do Apoio Tático da GMJ suspeitos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com