Home / Economia / Assembleia desmarcada pela terceira vez gera protesto de ex-colaboradores do Hopi Hari

Assembleia desmarcada pela terceira vez gera protesto de ex-colaboradores do Hopi Hari

Ex-funcionários do parque Hopi Hari, em Vinhedo, protestam nas redes sociais pela suspensão da assembleia, prevista para esta quinta-feira (23), na qual seria votado plano de recuperação judicial da empresa. O símbolo de luto e a frase #Luto por Justiça está sendo utilizado no Facebook, Twitter e afins.

O protesto é pacífico e tem intuito de ganhar popularidade, atraindo atenção da justiça, Ministério do Trabalho, Ministério Público e da própria administração da empresa. A assembleia foi desmarcada pela terceira vez neste ano. Em caso de aprovação, definiria prazos de pagamentos, priorizando as dívidas trabalhistas, que segundo informações passadas pela administração judicial do processo, chegam a R$ 8 milhões, incluindo salários, férias, rescisões e benefícios atrasados. No caso de não aprovação, significaria a falência do Hopi Hari.

A assembleia deveria reunir não só a classe trabalhista, mas também demais instituições. Juntos somam 1,7 mil credores, cujas dívidas chegam a R$ 400 milhões. O cancelamento da assembleia ocorreu na segunda-feira (20), sob alegação da justiça de falta de documentos a serem entregues pelo Hopi Hari e excesso de volume do processo, que tem quase 100 mil páginas. Até o momento, não há definição de nova data da assembleia.

Até que haja definição por parte dos responsáveis pelo processo, os ex-colaboradores da empresa pretendem continuar com o manifesto.

Leia também

Campo Limpo Paulista: Trabalho de manutenção não para

Desde janeiro, quando teve início a gestão municipal, os trabalhos de manutenção da cidade foram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com