Home / Destaque / Baixa umidade do ar pode trazer sérios problemas à saúde e ao meio ambiente

Baixa umidade do ar pode trazer sérios problemas à saúde e ao meio ambiente

O Município de Jundiaí não recebe uma chuva significativa há 21 dias e, por conta disso, a Umidade Relativa do Ar (URA) está baixa nesses últimos dias. Segundo o monitoramento realizado pela Defesa Civil, a URA na última semana ficou pouco acima de 30%, valor limite para o ingresso no estado de “Atenção”. Não há previsão de chuva para os próximos dias e, por isso, a URA deve reduzir ainda mais.

A baixa URA pode desencadear alguns problemas à saúde e ao meio ambiente como:

Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;

Sangramento pelo nariz;

Ressecamento da pele;

Irritação dos olhos;

Dor de cabeça;

Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos;

Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas

 

Como minimizar os efeitos da baixa URA:

Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 16 horas;

Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.;

Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, como por exemplo, em áreas vegetadas;

Consumir água à vontade;

Lavar as mãos com frequência e evitar colocá-las na boca e no nariz;

Aplicar soro fisiológico no nariz e nos olhos para evitar o ressecamento;

Evitar aglomerações e a permanência prolongada em ambientes fechados ou com ar condicionado;

Manter a casa sempre limpa e arejada. O tempo seco aumenta a concentração de ácaros e poeira.

Não queimar lixo nem provocar queimadas.

Leia também

Parque da Uva funcionará somente aos sábados para vacinação COVID-19 e mais UBSs passam a ser polos descentralizados

Após mais de um ano com ações diárias de vacinação no espaço do Parque da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com