Home / Economia / Café Pelé deve passar a ser produzido em Jundiaí

Café Pelé deve passar a ser produzido em Jundiaí

A fábrica da JDE em Jundiaí é a maior do mundo na produção de café torrado e moído.

O prefeito Luiz Fernando Machado conversou, nesta quinta-feira (29),  sobre o cenário econômico atual e a importância de se estimular investimentos como ferramenta de geração de emprego e renda em um bate-papo com executivos da JDE, no Paço Municipal (foto).  Durante a conversa, o diretor de operações da JDE, Carlos Passini, falou sobre a compra do Café Pelé pela JDE e adiantou que a empresa vai trazer para Jundiaí toda a produção da fábrica da nova marca adquirida, que atualmente está em Barueri. “Trata-se de uma produção anual de 20 mil toneladas de café”, disse.

Já a diretora de Recursos Humanos da empresa, Marilene Justi, afirmou que a JDE tem planos de expansão ambiciosos e a fábrica de Jundiaí deverá desempenhar um papel muito importante no processo de crescimento. “Ficamos muito felizes com o convite e esta proximidade com o poder público certamente será positiva”, destacou.

A ideia desses encontros entre o chefe do Executivo e empresários – que vêm sendo realizados desde o mês passado – consiste em promover uma aproximação entre o poder público e a iniciativa privada em busca de uma sinergia que contribua para encontrar saídas para a crise, além de discutir investimentos sociais e produtivos para a cidade.

O prefeito Luiz Fernando  ressaltou que a Prefeitura está à disposição para ajudar no processo de crescimento da JDE, “uma vez que a geração de emprego e renda é uma das prioridades desta gestão”.

Também participaram do encontro os gestores José Antonio Parimoschi (Governo e Finanças e Educação) e Messias Mercadante (Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia), além da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Vanessa Machado, do diretor Gilson Pichioli (Fomento à Indústria) e do assessor Carmelo Paoletti Neto (Cooperação Internacional).

Leia também

Ministério diz que setor de energia trabalha para evitar racionamento. País vive pior crise hídrica em 90 anos

  O Ministério de Minas e Energia (MME) afirmou que as instituições do setor energético …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com