Home / Política / Câmara de Campo Limpo Paulista vota cassação do prefeito Dr. Japim de Andrade

Câmara de Campo Limpo Paulista vota cassação do prefeito Dr. Japim de Andrade

Pela segunda vez a Câmara Municipal de Campo Limpo Paulista vota o pedido de cassação do atual prefeito, Dr. Japin de Andrade por supostas irregularidades, entre as quais, uma denuncia do dia 6 de Junho pelo cidadão, Patrício Guilherme Alves Barreto, na qual ele acusa o atual Chefe do Executivo Roberto Antônio Japim de Andrade, Japim Andrade (PROS,  por utilizar-se, de um motorista da prefeitura para fazer serviços particulares para a própria família, que é objeto da Comissão Parlamentar Processante, que investiga as ações do prefeito.

Dependendo do resultado a votação, pode determinar a cassação do mandato do prefeito.

 

Outra vez

Esta é a segunda vez que a Câmara vota pedido de cassação do mandato do prefeito. Em agosto deste ano, a Câmara rejeitou por 10 votos a 2 a abertura da

Comissão Especial de Inquérito (CEI) contra o chefe do Executivo, acusado de irregularidades na contratação de servidores.

O Decreto-Lei que levou ao pedido de cassação contra o prefeito Japim de Andrade,  na época, estabeleceu como infrações político-administrativas que podem resultar na cassação de mandato atos contra disposição de lei ou omitir-se na sua prática além de proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo.

A CEI, apontou os supostos crimes cometidos pelo Chefe do Executivo de Campo Limpo Paulista:  1) Contratações de pessoas em cargos comissionados com data retroativa;

2) Atribuição de Funções Gratificadas (FG) com data retroativa; 3) Contratação de pessoas que ajudaram na campanha; 4) Existência de Funcionários Fantasma; 5) Ocorrência de Nepotismo no Poder Executivo; 6) Contratação de empresa, descumprindo Lei Federal e Municipal (1º caso); 7) Contratação de empresa, descumprindo Lei Federal e Municipal (2º caso); 8) Contratação de servidor já demitido a bem do serviço público contrariando Lei Municipal.

Nos casos de, contratação de pessoas que ajudaram na campanha, existência de funcionários fantasmas e ocorrência de nepotismo no poder executivo o prefeito Japim de Andrade, assumiu diante da CEI a prática desses crimes.

Leia também

Campanha Permanente do Funss continua recebendo doações

Pensando em ajudar aqueles que enfrentam dificuldades, a advogada Mariana Cassemiro decidiu celebrar a idade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com