Home / Destaque / Caminhoneiros ameaçam greve em 10 dias após alta do diesel

Caminhoneiros ameaçam greve em 10 dias após alta do diesel

Depois da Petrobras anunciar ontem (17) o aumento no preço do diesel, caminhoneiros ameaçam paralisação em todo o país no prazo de 10 dias.

Para um dos caminhoneiros que ameaçam greve, Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, 10 centavos não é pouco para a categoria. Ele, que foi um dos líderes da greve do ano passado, exemplifica dizendo que gasta 9.000 mil litros em combustível por mês e, com o aumento de dez centavos, o custo subirá em 900 reais.

“Eu deixei as minhas intenções bem claras para o governo federal. A paralisação estava marcada para o dia 21 de maio, mas, se houvesse aumento no preço do combustível, íamos parar tudo antes”, afirmou Dedéco para a Veja.

A solução defendida pelo caminhoneiro para o problema seria estagnar o preço do diesel até que haja um piso mínimo para o frete. “O preço do combustível sobe e o frete não. A conta não fecha.”

O reajuste de 4,8%, em média, está abaixo dos 5,7% proposto pela Petrobras na semana passada e depois cancelados. Naquele dia, o aumento seria de R$ 0,12 –de 2,1432 reais para 2,2662 reais por litro.

Fonte: Veja

Leia também

Campo Limpo mantém vacinação e idosos começam a receber terceira dose

O último sábado foi marcado pelo início da terceira dose do imunizante contra a Covid-19. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com