Home / Mundo / Caso de militar da comitiva de Bolsonaro preso com cocaína repercute na mídia internacional
avião

Caso de militar da comitiva de Bolsonaro preso com cocaína repercute na mídia internacional

A apreensão de 39 quilos de cocaína na bagagem de um militar na comitiva de Jair Bolsonaro rumo ao G20 no Japão repercute na Europa. O português Diário de Notícias disse que “a policia espanhola deteve no aeroporto de Sevilha um militar brasileiro membro da comitiva à cimeira (conferência) do G20 no Japão do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, depois de apreender 39 quilos de cocaína na sua bagagem”.

O espanhol El Independiente também destaca que o militar “formava parte de uma expedição avançada prevista à viagem programada ao Japão pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, ao ser descoberto que portava supostamente 39 quilogramas de cocaína em uma mala que levava consigo”.

O El País, na versão espanhola, lembrou que “não é a primeira vez que membros da Aeronáutica brasileira usam sua condição de militares para traficar entorpecentes”. O principal periódico da Espanha recorda que no último mês de abril, “O Tribunal Superior Militar decretou a expulsão da corporação de um tenente pelo transporte de 33 quilos de cocaína numa aeronave da Força Aérea que se dirigia à França, com escala em Palmas de Gran Canaria”.

O francês Le Figaro diz que um porta-voz informou à agência de notícias francesa AFP que o militar “foi conduzido quarta-feira a um tribunal, acusado de violação à saúde pública, categoria que compreende o tráfico de drogas na Espanha”. E observa que o mesmo porta-voz relatou que na mala do militar “só tinha droga”.

Leia também

woodstock-700x525

Rádio irá retransmitir o Woodstock no mesmo horário do festival de 1969

Rádio irá retransmitir o Woodstock no mesmo horário do festival de 1969 Há 50 anos, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com