Home / Economia / Comissão do Emprego da ACE Jundiaí aponta dificuldades de empregados e empregadores

Comissão do Emprego da ACE Jundiaí aponta dificuldades de empregados e empregadores

A reunião mensal do Conselho Municipal do Emprego (CME), realizada na terça-feira (25), na Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí reuniu empresários e pessoas em busca de recolocação no mercado, inclusive jovens à procura do primeiro emprego.

A ideia foi reunir empresários de setores variados e profissionais com idades diferentes, qualificados e não qualificados, para compartilharem experiências e dificuldades. “Nada mais assertivo do que um encontro como este”, disse o vice-presidente da ACE Jundiaí, Mark William Ormenese Monteiro. “Sabemos das dificuldades das pessoas encontrarem um emprego na posição desejada mas sabemos também que é preciso estar preparado para o mercado. E para isso a Associação está de portas abertas, temos ações tanto para empresários quanto para quem busca qualificação.”

A pedagoga Luciana Moura de Oliveira tem a formação exigida, mas desde 2011 tenta uma vaga como professora na área de Educação Infantil e não consegue. Disse que muitas escolas fecharam as portas para educadores que ganham o piso salarial em substituição a estagiários ou recém-formados. “Tentei outras áreas e cansei de entregar currículos mas como não tenho experiência, não sou chamada nem para entrevistas”, contou. “Por isso desde janeiro estou empreendendo e montando salão de beleza em festas.”

Na posição contrária de Luciana, empresários relataram a dificuldade em conseguir mão-de-obra qualificada e observaram a falta de comprometimento com o emprego, principalmente as gerações mais novas. “Percebemos que as pessoas hoje não querem mais ser as protagonistas na empresa: trabalham para ter o salário no fim do mês”, afirmou a psicóloga Renata Picolo, gerente da área de Recrutamento & Seleção da WCA Brasil. “Algumas começam e desistem da vaga no segundo ou terceiro dia.”

As informações relatadas pelos participantes do encontro, segundo a presidente do Conselho, Keila Santana, serão importantes para a criação de estratégias que ajudarão empresários e quem busca recolocação no mercado de trabalho. “Foi um encontro muito rico e a partir de tudo o que ouvimos vamos montar um plano de ação para tentar ajudar a todos.”

 

 

 

 

Leia também

PAT de Várzea Paulista disponibiliza 150 vagas de emprego

Oportunidades são para pessoas de várias escolaridades; há vagas de abatedor de aves para pessoas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com