Home / Cultura / Coral Municipal retoma ensaios presenciais de modo escalonado

Coral Municipal retoma ensaios presenciais de modo escalonado

O Coral Municipal de Jundiaí retomou na noite dessa quinta-feira (23) os ensaios presenciais na Sala dos Relógios do Complexo Fepasa. De forma gradual, a retomada das atividades será feita de forma híbrida, com participantes presenciais e on-line, conforme os naipes e atenta aos protocolos sanitários estabelecidos pelo Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus (CEC).

O Coral é um corpo artístico vinculado à Unidade de Gestão de Cultura (UGC) que tem por objetivo fomentar a linguagem entre coralistas amadores voluntários e enriquecer o cenário artístico de eventos diversos, como mostras e festivais. Fundado em 2011, o Coral atualmente tem como diretora artística e regente Vasti Atique, Cintia Campos como assistente, Thayana Roverso como preparado vocal e Luís Henrique Oliveira como percussionista.

Sala com piso de madeira e relógios de diversos tamanhos e formatos nas paredes, com mulher de costas tocando piano, olhando para grupo de mulheres sentadas e em pé, em posição de canto, olhando para pastas individuais que estão segurando.
Além da divisão por naipes, participantes impossibilitados de participar presencialmente podem acompanhar de modo on-line
Vasti explica que o grupo não deixou de realizar suas práticas, ainda que de modo remoto. “Durante a pandemia, nossa primeira fase foi de adaptação, pesquisa e descobertas de ferramentas on-line que nos apoiassem nos ensaios e edições. Na sequência, quando dominamos as ferramentas, vivemos uma fase de produção de conteúdos, como vídeos virtuais, um documentário sobre o coral e um concerto de Natal com a Orquestra Municipal de Jundiaí (OMJ). Agora, vivemos o início dos ensaios híbridos, com atividades presenciais seguindo os protocolos necessários, mas com a possibilidade de participação on-line para os coralistas que não tomaram a segunda dose da vacina, que não se sintam à vontade ou que possuam algum problema de saúde”.

Vasti explica ainda que, para os participantes presenciais, o uso de máscara é obrigatório e há opções descartáveis recomendadas por especialistas.

Não há vagas no momento para interessados em participar do Coral. Os interessados maiores de 18 anos devem acompanhar as redes sociais da Cultura para acompanhar o anúncio de vagas futuras. Os interessados não precisam ter experiência vocal, mas devem participar de teste vocal. Os ensaios são realizados às terças e quintas-feiras, no período noturno.

Mulher usando máscara e óculo, faz gesto levantando a mão esquerda, olhando para grupo de mulheres sentadas
Grupo ensaia neste período a canção “Isto Aqui O Que é?”, de Ary barroso e arranjo de Alexandre Zilahi
Mais Corais
Estão abertas até a próxima quinta-feira (30) as inscrições gratuitas para o núcleo descentralizado da Vila Esperança do Coral Infantojuvenil Cidade das Crianças, voltado para crianças de 7 a 11 anos.

FAÇA A INSCRIÇÃO

Os ensaios serão presenciais e realizados a partir de 04 de outubro, sempre às segundas-feiras, das 14h30 às 15h30, no Centro Comunitário da Vila Esperança (rua Guilherme Augusto Baad, nº 314), também sob a direção de Vasti Atique e regência de Jéssica Augusto Vieira.

Assessoria de Imprensa
Foto: Fotógrafos PMJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com