Home / Economia / Correios diz que 93,93% do efetivo está trabalhando na região de Jundiaí

Correios diz que 93,93% do efetivo está trabalhando na região de Jundiaí

Funcionários dos Correios entraram em greve nesta segunda-feira (12). De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores são contra mudanças no plano de saúde da empresa, além de outras cláusulas.

Em nota, os Correios afirmam que reconhecem o direito de greve do trabalhador, mas entendem que o movimento atual é injustificado e ilegal, pois não houve descumprimento do acordo coletivo de trabalho da categoria. As representações dos trabalhadores divulgaram uma extensa pauta de reivindicações, porém o verdadeiro motivo da paralisação é a mudança na forma de custeio do plano de saúde da categoria. Hoje os custos com o plano de saúde dos trabalhadores representam dez por cento do faturamento dos correios, ou um bilhão e oitocentos mil reais por ano. Atualmente, além dos empregados, dependentes e cônjuges, o plano de saúde contempla também pais e mães dos titulares.

Sobre a paralisação, a empresa destaca que até o momento, todas as agências no interior do Estado de São Paulo, inclusive nas regiões que aderiram ao movimento, estão abertas e todos os serviços estão disponíveis. “Levantamento parcial realizado na manhã desta segunda-feira mostra que 87,15% do efetivo total dos Correios no Brasil está presente e trabalhando, o que corresponde a cerca de 92 mil empregados. No interior do Estado de São Paulo, 92,39% do efetivo está trabalhando hoje – o que equivale a 10.090 empregados. Nas cidades que compõem a base sindical de Campinas, que inclui Jundiaí, 93,93% do efetivo está presente e trabalhando – o que corresponde a 3.452 empregados. No último final de semana, os Correios já colocaram em prática um plano para minimizar os impactos à população”, diz a nota.

Leia também

Titulares das pastas de Assistência Social na região fazem reunião de alinhamento

As secretárias e gestoras das pastas de Assistência Social de Municípios que integram a Região …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com