Home / Região / CPFL conclui negociação da venda de 54,64% das ações para empresa chinesa

CPFL conclui negociação da venda de 54,64% das ações para empresa chinesa

A State Grid concluiu nesta semana a aquisição de 54,64% de participação acionária na CPFL Energia com a compra de ações que pertenciam à Camargo Corrêa e aos fundos de pensão Previ, Fundação Cesp, Sabesprev, Sistel e Petros. O negócio pode superar R$ 25 bilhões. O valor total ainda depende da realização da oferta pública para a aquisição das ações que estão com minoritários.

Com a concretização da venda para o chineses, a composição acionária ficou da seguinte forma: 54,64% com a State Grid; 9,7% com a Previ e 3,8% com a Energia SP FIA. Existem ainda 31,9% de ações que estão em circulação na bolsa de valores. O grupo brasileiro informou em nota que “a aquisição do controle acionário da CPFL Energia pela State Grid fortalece a estratégia de crescimento do Grupo CPFL e o protagonismo no setor elétrico brasileiro”.
A CPFL informou que a State Grid é a segunda maior empresa do mundo, de acordo com a revista Fortune. A companhia brasileira salientou em nota que a nova controladora atende a mais de 1,1 bilhão de clientes na China, que representa uma cobertura em torno de 88% do território chinês. O faturamento da empresa em 2015 foi de US$ 320 bilhões. Os ativos somam US$ 480 bilhões. A chinesa tem operações em países como Itália, Austrália, Portugal, Filipinas, Hong Kong e Brasil.
O presidente da CPFL Energia, Andre Dorf, afirmou em nota que a operação reforça a posição de liderança da holding. “Termos ao nosso lado um acionista do porte da State Grid nos traz a confiança de que a CPFL Energia continuará a sua trajetória de crescimento, reforçando a posição de liderança nos principais segmentos do setor elétrico brasileiro. Temos uma plataforma de negócios preparada para aproveitar as novas oportunidades do mercado, e o apoio da State Grid será fundamental”, afirmou.
Em nota, a CPFL Energia informou que, como previamente anunciado, “a State Grid irá registrar o requerimento para Oferta Pública de Ações (OPA) para compra das participações societárias remanescentes da CPFL Energia e irá realizar uma OPA em separado para a aquisição das ações remanescentes da CPFL Renováveis, após finalizados os registros previstos na legislação brasileira. O antigo acordo de acionistas da CPFL Energia foi encerrado com a compra do Grupo pela State Grid”.
Histórico da compra
Em setembro, a State Grid havia assinado um acordo para a compra de 23% da CPFL Energia, referente à participação da Camargo Côrrea. O preço pago por ação era de R$ 25,00, mas o valor ainda pode sofrer ajustes até o fechamento definitivo da compra. Conforme o acordo, os outros acionistas do bloco de controle poderiam exercer o direito de preferência na aquisição ou ainda poderiam decidir vender as participações na CPFL Energia para a chinesa State Grid, pelo mesmo valor da ação.
Na época, o comunicado ao mercado informou que o negócio envolvia ainda a participação de 51,6% da companhia brasileira na subsidiária CPFL Renováveis. Mais um termo firmado no acordo era que caso a State Grid atinjgisse uma quantidade suficiente de ações de emissão do grupo brasileiro do setor elétrico deveria, nos termos da legislação aplicável, promover uma Oferta Pública de Aquisição (“OPA”) das ações em circulação da CPFL Energia. Se a chinesa comprar as ações de todos os acionistas do bloco de controle e dos minoritários, o negócio pode ultrapassar R$ 25 bilhões.
Perfil
Há 104 anos no mercado de energia, a CPFL Energia atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização, serviços e telecomunicações. A companhia tem 14,3% no mercado de distribuição, com 14,3% de participação, atendendo mais de 9,1 milhões de clientes. A área de concessão abrange 679 cidades em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Em comercialização, a companhia tem 14,1% do mercado na venda para consumidores finais entre as comercializadoras. Em geração, é o terceiro maior agente privado.
A empresa é listada no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além participar do Índice Dow Jones Sustainability Index Emerging Markets e do Morgan Stanley Capital International Global Sustainability Index (MSCI). A companhia ainda tem ações que integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa pelo 12º ano consecutivo.
SAIBA MAIS – Raio-X da State Grid no Brasil (pré-CPFL)
– A empresa tem operações em 12 estados (Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Ceará, Piauí, Pernambuco, Goiás, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro)
– A empresa é proprietária de 23 concessionárias de transmissão, sendo 19 em operação e quatro em fase de construção
– A companhia tem cerca de 10 mil quilômetros de linhas de transmissão em operação e mais 6 mil km de linhas em fase de construção, entre elas o sistema de transmissão de Belo Monte
– A empresa tem sede corporativa no Rio de Janeiro e sedes regionais em Luziânia (GO), Itumbiara (GO), Imbirussú (MS) e Ribeirão Preto (SP)
Fonte: CPFL Energia

Leia também

Avenida da Uva, em Jundiaí, é contemplada com recuperação do Governo do Estado

A avenida da Uva, em trecho com 6 quilômetros que vai da rodovia Anhanguera ao …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com