Home / Brasil / Crise já afeta postos de combustíveis na região e causa correria

Crise já afeta postos de combustíveis na região e causa correria

A crise de desabastecimento tanto de combustível como outros gêneros já atinge toda a região de Jundiaí devido a greve dos caminhoneiros que já chegou ao seu quarto dia, que protestam contra o aumento de preços do óleo diesel. A informação é de que os caminhões que fazem a distribuição dos combustíveis estariam retidos nas refinarias. Com receio de ficar sem combustível, muito motoristas correram aos postos para garantir o abastecimento em seus veículos. Alguns postos já estão sem o produto.

Postos de combustíveis lotados e possibilidade de redução dos ônibus urbanos e outros serviços, como taxis e vans que se utilizam de veículos já ocorrem em várias cidades. Alguns postos de Jundiaí estão trabalhando no limite e quando acabar não terão mais combustível para repor nos reservatórios. As empresas de ônibus já alertam para a redução dos serviços e se não for normalizado, podem parar de operar, sendo que algumas já reduziram o horário das operações.

práticas abusivas

Em função da prática abusiva por parte de alguns postos de combustíveis em função da alta demanda, a Fundação Procon-SP, informa que a “prática abusiva” é prevista no Código de Proteção e Defesa do Consumidor (Seção IV, das Práticas Abusivas, art. 39 Inciso X) que trata da elevação de preços de produtos e serviços sem justa causa. A fim de combater essa prática é necessário que o consumidor documente e denuncie os supostos infratores através do site www.procon.sp.gov.br (atendimento à distância). É fundamental que o consumidor anexe à denúncia imagem do cupom fiscal ou, na falta dele, o máximo de informações sobre o estabelecimento nome/bandeira, endereço, data de compra e preços praticados – se possível com fotos. A partir desses dados será aberto procedimento para a apuração, comprovação e possível punição dos infratores.

 

Leia também

Idosos com prazo para segunda dose contra Covid-19 devem esperar antes de tomar vacina contra Influenza

Idosos que receberam a primeira dose de vacina AstraZeneca contra a Covid-19 entre os dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com