Home / Destaque / Disque 156 Corona da Prefeitura de Jundiaí conta com suporte emocional

Disque 156 Corona da Prefeitura de Jundiaí conta com suporte emocional

Além de tirar dúvidas sobre os sintomas do Novo Coronavírus e onde procurar atendimento, o Disque 156 Corona da Prefeitura de Jundiaí também passa a oferecer suporte emocional para a população que precisa de apoio para enfrentar o momento desafiador que a sociedade vive. O atendimento é gratuito, das 7 às 19 horas, com psicólogos que identificarão as necessidades e os acompanharão ao longo do período. O serviço ainda conta, além do tradicional atendimento por telefone, com a opção por ‘chat’.

A Prefeitura de Jundiaí tem adotado todas as medidas para ampliar o atendimento e o número de leitos para aqueles que adoeçam por COVID-19, mas a necessidade de isolamento social imposta pela pandemia do Novo Coronavírus pode retirar da população a sua estabilidade emocional. “A inclusão do serviço Disque 156 Corona feito por profissionais especializados em psicologia oferece o suporte necessário para quem está precisando de apoio técnico, não somente quer esclarecer uma dúvida”, explica o prefeito Luiz Fernando Machado, coordenador do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC).

Sistema de atendimento pode ser feito por telefone ou por chat, pela página da Prefeitura de Jundiaí, no link CoronavírusCom funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, o Disque 156 Corona completa uma semana de funcionamento com 2 mil ligações recebidas. A partir de quarta-feira (1), as pessoas que buscarem pelo serviço poderão escolher entre tirar dúvidas ou o suporte emocional. O atendimento, além de disponível por telefone, também é realizado pelo ‘chat’, ou sistema de bate-papo pelo portal, que pode ser acessado pelo site da Prefeitura de Jundiaí. “O serviço Disque 156 Corona é completo. Se a pessoa tem dúvida sobre a doença, é atendida por médicos, enfermeiros e odontólogos para o esclarecimento. Se tiver a necessidade de um aconselhamento emocional, o serviço também a atenderá integralmente, com acompanhamento telefônico periódico ou encaminhamento para consulta nos serviços dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) disponíveis na cidade”, destaca o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

A integralidade no cuidado vai além das necessidades em Saúde. Durante o atendimento, os profissionais da UGPS identificam as necessidades sociais e encaminham para as demais equipes, como por exemplo da Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS).

 

 

Leia também

Imagem: Fábio Barros

Frio deve diminuir um pouco em Jundiaí nesta sexta-feira (29)

Jundiaí terá uma sexta-feira (29) de sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com