Home / Destaque / Divisão Florestal de Jundiaí capacita agentes de segurança da AUJ

Divisão Florestal de Jundiaí capacita agentes de segurança da AUJ

Conscientizar sobre a importância e necessidade na preservação ao meio ambiente, a mata nativa, podendo contar com o trabalho realizado por profissionais atualizados permanentemente: esse é o compromisso da Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) – setor especializado que é considerado modelo para a criação em outros municípios.

O grupamento preserva a Serra do Japi nos seus 350 km2 (desse total, uma área de 191,7 km2 foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo – Condephaat): o maior patrimônio da região abrange os municípios de Jundiaí, Cabreúva, Pirapora do Bom Jesus e Cajamar.

No intuito de ampliar a capacitação de seus patrulheiros, também apresentando o seu trabalho socioeducativo em parceria com demais instituições, a Divisão Florestal promoveu nesta semana uma série de atividades teóricas e práticas na sede da Guarda Civil Municipal de Itupeva para qualificar agentes de algumas instituições da Aglomeração Urbana de Jundiaí (AUJ) que buscam criar um setor especializado sobre meio ambiente em suas respectivas regiões.  “Procuramos reforçar o conceito de que a Serra do Japi é um bem de uso comum da população, que conta com a responsabilidade de todos para a sua preservação. Ao promover um curso para agentes das cidades de Itupeva, Cabreúva, e também de Indaiatuba, dentre os destaques reforçamos a importância do conhecimento e a aplicação da Lei 6.938/81 – Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA); e a Lei 12.651/2012, o Novo Código Florestal. Sobre a Serra do Japi, o respeito à sua fauna e flora; a prevenção e o combate ao incêndio, as campanhas e fiscalização”, destacou o inspetor Paulo Vicente Soares, responsável pelo setor.

Divisão Florestal

Inicialmente denominada Corpo de Vigilantes, a Divisão Florestal é um dos setores mais atuantes e diversificados da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ). Foi criada com o objetivo de promover a conscientização mais ampla sobre a necessidade de se preservar o meio ambiente, em especial a Serra do Japi. Cabe ressaltar que intensificar a fiscalização na Serra do Japi, a partir do trabalho integrado com os demais órgãos de segurança, e promover ações educativas e de vivência ambiental são compromissos firmados pelo prefeito Luiz Fernando Machado. Atualmente a Divisão conta com 33 patrulheiros ecológicos, coordenados pelo inspetor Soares, que este ano completou 30 anos de atividades junto à Corporação.

Leia também

Ômicron: Anvisa pede dados sobre vacinas já autorizadas no país. Agência alerta que momento é de cautela para a população

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta-feira (1º) que solicitou às desenvolvedoras …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com