Home / Destaque / Educação: Jundiaí recebe selo de qualidade nacional

Educação: Jundiaí recebe selo de qualidade nacional

O Instituto Rui Barbosa, o Comitê Técnico da Educação Instituto Rui Barbosa e o IEDE (Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional) – associação civil para promover o aperfeiçoamento dos Tribunais de Contas do Brasil – concedeu à Educação da Prefeitura de Jundiaí, na última quinta-feira (25), o selo de reconhecimento de qualidade prestada à  ‘Bom Percurso’, pelo estudo “Educação que Faz a Diferença”, realizado em 118 redes municipais do País.


“O reconhecimento às boas práticas implementadas ao longo dos anos na Educação de Jundiaí, que fundamentou o alcance do IDEB 7,1 em 2017, antes da meta estabelecida pelo Ministério da Educação. Os avanços se seguiram com o currículo jundiaiense, o ensino de inglês a partir dos 4 anos e o primeiro FabLab municipal implementado em parceria com o Sesi, além a alimentação orgânica são conquistas celebradas com este selo nacional, aferido por técnicos que avaliaram todos os quesitos que envolvem o ensino às crianças”, resume o prefeito Luiz Fernando Machado.

O projeto Educação que Faz a Diferença teve dois grandes objetivos: reconhecer e dar visibilidade às redes de ensino municipais que estão realizando um trabalho de destaque no ensino fundamental; e identificar e documentar as práticas pedagógicas e de gestão empregadas por essas redes, de modo que possam servir de inspiração para outros municípios com resultados educacionais não tão satisfatórios.

FabLab municipal implantado em parceria com o Sesi é diferencial para a rede de Jundiaí
FabLab municipal implantado em parceria com o Sesi é diferencial para a rede de Jundiaí

“A Educação inovadora aplicada em Jundiaí tem como foco o desenvolvimento do aluno potente, criativo e analítico, preparado para o futuro. Os educadores recebem formações ao longo do ano para que contem com ferramentas para auxiliar os meninos e meninas de Jundiaí nos desafios propostos. Contamos com proficiência de 97% – leitura e escrita e operações matemáticas básicas – aos 7 anos, um ano antes da orientação federal para o Ensino Fundamental”, argumenta a gestora da Unidade de Gestão de Educação, Vastí Ferrari Marques.

Em números

Com 109 Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB), 38 mil alunos, a cidade também foi avaliada pela eficiência na gestão dos recursos. As análises foram feitas por auditores dos Tribunais de Contas que visitaram as redes de ensino, entrevistaram secretários, diretores, professores, coordenadores pedagógicos, estudantes e seus pais a fim de identificar as principais estratégias e ações que garantem os bons resultados educacionais. A avaliação foi feita em 118 redes municipais de todo o país e Jundiaí recebeu o selo ‘Bom Percurso’ indicando que a cidade tem conquistado avanços significativos entre os quesitos analisados como gestão, formação dos educadores, suporte estrutural e os diretamente ligados à aprendizagem como o atendimento em idade adequada. Jundiaí, em 2015, contava com IDEB de 6.8, um ponto acima do registrado em 2013 (6.7).

 

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ

 

Leia também

macaoes-doados-pela-correias-mercurio-auxiliam-na-protecao-da-equipe-samu

Equipe do SAMU recebe doação de EPI da empresa Correias Mercúrio

Por meio do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV), o Serviço de Atendimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com