Home / Cultura / Escola Inovadora: projeto investe na educação emocional dos alunos

Escola Inovadora: projeto investe na educação emocional dos alunos

Projeto Amigos do Zippy faz parte do Programa Escola Inovadora e tem por objetivo ajudar na solução de conflitos e a identificar os sentimentos

Como forma de melhorar o aprendizado das crianças a partir do auxílio da resolução de conflitos pessoais, reconhecimento de sentimentos como a raiva, o medo, a angústia, a alegria e o ciúmes, a Unidade de Gestão de Educação inicia em 15 escolas de Ensino Fundamental o projeto Amigos do Zippy, desenvolvido pela Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC). A iniciativa integra o Programa Escola Inovadora, que prevê uma série de ações voltadas para o bem-estar dos alunos, a qualidade de ensino, a modernização da ambiência das escolas e a valorização dos educadores. “Ao trazer o programa para Jundiaí, o objetivo é auxiliar os nossos alunos a reconhecerem suas próprias emoções e a maneira mais adequada de lidar com elas. Desta forma, a criança poderá melhorar relacionamentos, adquirir autoconhecimento, evitando situações de estresse, depressão e violência. É comprovado que o desenvolvimento das habilidades socioemocionais também ajuda no desempenho escolar”, resume a diretora do Departamento de Ensino Fundamental da UGE, Ana Paula Freguglia.

O programa vai atingir, inicialmente, 2.788 alunos e 111 educadores. Os temas serão trabalhados por meio de histórias que envolvem as crianças, os alunos e os familiares. As ações dinâmicas também contam com o personagem Zippy, um inusitado bicho-pau, que tem como amigos um grupo de crianças.

O foco são os alunos dos 2ºs e 4ºs anos dependendo a unidade, pode-se estender para as demais classes. As unidades escolares avaliaram suas necessidades, diante das situações vivenciadas no dia a dia, e fizeram a inscrição para participar. “Já foram realizadas duas formações com os professores e tutores das escolas e, na próxima semana, os alunos começam a receber o material”, acrescenta a diretora.

 

Diferencial

Para a gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques, o programa é um diferencial do município. “A BNCC (Base Nacional Comum Curricular) tem como premissa a educação socioemocional em todas as áreas do conhecimento. O Amigos do Zippy é um programa importante, na medida em que trabalha com as emoções e um dos grandes problemas, muitas vezes identificado na escola, é a agressividade”, salienta.

Em Jundiaí, a Pastoral de Atendimento e Integração do Menor (PAIN) já contou com a iniciativa e avalia positivamente a experiência. “Há cinco anos, vivenciamos uma experiência como o Amigos do Zippy e foi muito útil. As crianças aprenderam, por exemplo, que podiam sentir raiva, mas que era importante lidar com esse sentimento para não se prejudicar e não prejudicar o outro. O material do programa consegue entrar no mundo deles, trabalhando as emoções com linguagem simples. Nós, inclusive, conseguíamos fazer um trabalho específico com a criança, a partir do desenvolvimento das atividades do programa. As escolas da rede municipal vão ganhar muito”, comenta a coordenadora da PAIN, Silene Aparecida Souza Bernardes.

O Amigos do Zippy foi fundado em 2004 e, até 2017, capacitou mais de 8 mil educadores e beneficiou mais de 280 mil crianças em 93 municípios brasileiros.

Leia também

Idosos com prazo para segunda dose contra Covid-19 devem esperar antes de tomar vacina contra Influenza

Idosos que receberam a primeira dose de vacina AstraZeneca contra a Covid-19 entre os dias …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com