Home / TV / Especial Dia das Mães

Especial Dia das Mães

Não é a toa que a palavra ‘mãe’ tem muita força, não apenas no nome, mas também nas atitudes, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria quando se trata principalmente de um filho. Histórias como a de Gisélia Barbosa, a Gisa, que é mãe de três filhos, serve de exemplo e inspiração para muitas pessoas que diante das dificuldades esmorecem.

Ela conta que há quatro anos, o destino a colocou a prova. Ela tem um filho, o Luiz Guilherme que aos 15 anos sofreu um acidente durante uma brincadeira em suas férias escolares, no qual bateu a cabeça e não contou para os pais. “Por vários dias ele teve dor de cabeça, mas como tinha alergias, pensávamos que poderia ser consequência deste problema”, conta Gisa, que num ‘sexto sentido de mãe’ percebeu que algo estava errado e pediu ao marido que o levasse ao médico.  “No hospital, o médico que o atendeu também acreditava que as dores de cabeçapoderia ser de seu problema alérgico”, relata a mãe.

Entretanto, uma semana depois, ele sofreu um AVC(Acidente Vascular Cerebral) paralisando um lado de seu corpo, sendo levado às pressas ao Hospital da Cidade de Várzea Paulista, onde ela destaca a dedicação da equipe de profissionais que o atendeu. “Na conversa com os médicos, meu filho contou que havia caído e batido a cabeça e teve de ser encaminhado ao Hospital Universitário em Jundiaí para fazer uma tomografia, mas acabou sendo recusado naquele serviço, voltando a Várzea Paulista”, relembra, salientando que devido à gravidade do caso teve que ser internado no HU posteriormente, onde ficou por vários meses. “Na época, alguns médicos chegaram a dizer que não teria chance de sobreviver e só um milagre o salvaria”. Mas ela buscou forças na fé e na perseverança que a fez acreditar que seu filho poderia, não apenas sobreviver, como também não ficar em estado vegetativo. “Hoje ele está voltando a recuperar a coordenação motora, fala, conhece todo mundo e muitas vezes tenho que repreendê-lo para que pare de falar um pouco”, disse sorrindo.

Diante de toda esta provação, Gisa dá um conselho às mães que tem problemas semelhantes. “Independentemente de que seu filho esteja doente, acamado ou tenha alguma deficiência, nós sempre vamos ser mãe e temos que lutar até o último instante, sempre acreditando que é possível superar as dificuldades, por mais dolorosas que sejam”.

 

Leia também

Complexo Fepasa é cenário para gravações de telenovela do SBT

O Complexo Fepasa tornou-se esta semana locação para filmagens da novela “Poliana Moça”, do SBT. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com