Home / Mundo / Ex-presidente do Peru comete suicídio para evitar ser preso

Ex-presidente do Peru comete suicídio para evitar ser preso

Alan García, ex-presidente do Peru, cometeu suicídio na manhã desta quarta-feira, 17, com um tiro na cabeça quando policiais chegaram em sua residência, na capital do país, para prendê-lo por conexões com uma investigação sobre suborno no caso relacionado à construtora brasileira Odebrecht, informou seu advogado. Ele chegou a ser levado para um hospital onde passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu.

A informação de que o ex-presidente – que comandou o Peru de 1985 a 1990 e de 2006 a 2011 – havia tentado tirar a própria vida foi divulgada mais cedo por fontes policiais que pediram para não ser identificadas. O hospital no qual ele estava internado confirmou a morte por volta das 12h30 (horário de Brasília).

Momentos antes, em comunicado, o Ministério da Saúde peruano informou que o ex-presidente tem um “impacto de bala na cabeça, com entrada e saída” e seu estado de saúde “é delicado e o prognóstico reservado”.

Segundo a ordem judicial obtida pela agência Associated Press, a autorização para prender García foi emitida sob argumento de que o ex-presidente teria recebido US$ 100 mil da Odebrecht pagos de forma disfarçada como o cachê de uma conferência em São Paulo feita em 2012.

Fonte: Estadão

Leia também

Copa do Mundo no Qtar: torcedores poderão ser presos caso pratiquem sexo fora do casamento

Segundo o jornal britânico “Daily Star”, os torcedores que forem ao Catar para a disputa …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com