Home / Região / Faculdade de Medicina de Jundiaí promove 7ª campanha sobre vitiligo

Faculdade de Medicina de Jundiaí promove 7ª campanha sobre vitiligo

Em comemoração ao ‘Dia Mundial de Combate ao Vitiligo, a Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) realizou o 7º ano da Campanha de Vitiligo. Este ano o enfoque foi diferente, pois, além de atender os possíveis portadores da doença, a faculdade reuniu mais de 100 pessoas em tratamento para conhecer produtos da Vichy Dermocosméticos e Tratamentos para a pele, além de aprender técnicas de maquiagem que podem esconder as manchas do rosto e do corpo.

O evento foi realizado na manhã desta segunda-feira (26) e segundo o dermatologista, coordenador da campanha, Professor  Paulo Cunha, Jundiaí é pioneira neste tipo de campanha  “Somos a primeira faculdade a abraçar a causa e iniciar uma campanha deste porte, envolvendo comunidade e promovendo o bem social”. O diretor da FMJ, Edmir Lourenço também prestigiou o evento e enfatizou: “Estamos lutando contra a discriminação e contra o preconceito”.

A doença

O vitiligo não é contagioso! São manchas brancas lisas no corpo, que geralmente começam durante a infância ou na adolescência. Não se sabe a causa, mas provavelmente existe um componente genético. Um dos tratamentos para Vitiligo é a fototerapia. Em parceria com a Prefeitura Municipal de Jundiaí e a Secretaria Municipal de Saúde, hoje, no ambulatório são realizadas 600 sessões de fototerapia por mês.

Esta doença acomete de 2 a 3 % da população e é estigmatizada, ou seja, marca a pessoa e acaba com autoestima do doente. Com o motorista de ônibus, Marcelo Leci dos Santos, não foi diferente, desde 16 anos ele tem a doença e hoje com 30 anos se diz satisfeito, feliz e realizado, afinal esta em tratamento há um ano. “Não tinha esperança e não acreditava nos tratamentos. Depois de algumas sessões de fototerapia já consegue ver o resultado. Meu rosto era branco, meu braço era branco. Hoje está tudo pigmentado”, comemora.

Entusiasmado, ele explica que encontrou o tratamento na faculdade através da internet “Este tratamento mudou a minha vida, da água para o vinho. Tenho apenas algumas partes brancas pelo corpo.”, comenta.

O Dia Mundial de Combate ao Vitiligo visa aumentar o conhecimento das pessoas sobre o problema e travar a progressão da doença. A data, 25 de junho, foi escolhida em alusão à morte de Michael Jackson, que sofria de vitiligo e lúpus.

 

Leia também

Nova UBS São Camilo é reformada e ampliada para a população

A Nova UBS São Camilo passou por reforma e ampliação de seu espaço. Ao todo, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com