Home / Destaque / Família de menino com leucemia entra com liminar e consegue remédio de alto custo para tratamento

Família de menino com leucemia entra com liminar e consegue remédio de alto custo para tratamento

A família do pequeno Enzo Gabriel Nunes Silva, de 4 anos, agora respira aliviada. Isso porque, na última terça-feira (19), recebeu a notícia que a Prefeitura de Várzea Paulista (SP), cidade onde mora, comprou o remédio que o menino precisa para realizar a última etapa do tratamento contra leucemia.

Enzo foi diagnosticado aos 2 anos de idade e, desde então, faz tratamento no Grendacc de Jundiaí (SP). Para que possa receber o transplante de medula ossea, o garoto precisa passar por mais algumas sessões de quimioterapia.

“Ele piorou e não estava mais reagindo aos outros tratamentos, por isso, a médica nos disse que esse remédio era a saída para que ele conseguisse receber o transplante. Mas, infelizmente, ele custa mais de R$ 100 mil e não está disponível no SUS”, conta a mãe de Enzo, Rosana Nunes da Silva.

Rosana decidiu, então, entrar com uma medida judicial para que pudesse conseguir o medicamento. “Entramos com uma liminar no início do mês para que a prefeitura nos ajudasse mas, ao mesmo tempo, começamos uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro”, diz.

Com rifas, vaquinhas virtuais e pedágios, a liminar, protocolada no início de novembro, foi aceita e a prefeitura liberou a verba de R$ 115 mil para comprar o medicamento.

“Agora é só alegria. Passamos por tanto sufoco, tanta angústia. E agora podemos respirar aliviados”, conta Rosana Nunes da Silva, mãe de Enzo.

enzo2

Em nota, a prefeitura informou que a compra foi feita na última terça (19) e que o remédio deve chegar em até 20 dias, já que é importado.

Além disso, demonstrou solidariedade pela família de Enzo e disse que fez o possível para que a compra fosse feita o mais rápido possível dentro dos esquemas burocráticos.

Por telefone, a Secretaria Estadual de Saúde informou que como a medida judiciária foi registrada para a prefeitura do município, a responsabilidade para a compra do remédio é do próprio órgão.

(Fonte: G1)

Leia também

Parque da Uva funcionará somente aos sábados para vacinação COVID-19 e mais UBSs passam a ser polos descentralizados

Após mais de um ano com ações diárias de vacinação no espaço do Parque da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com