Home / Destaque / Hospital São Vicente pode perder verba mensal do Estado e aumentar ainda mais o déficit financeiro

Hospital São Vicente pode perder verba mensal do Estado e aumentar ainda mais o déficit financeiro

Mais um imbróglio na área da saúde vive Jundiaí. Após toda a expectativa sobre o credenciamento do Hospital do Grendacc, que pode paralisar as internações e cirurgias, caso o Ministério da Saúde não credencie o serviço. A decisão deve sair em breve.

Esta semana outro drama cerca a saúde. O repasse emergencial de R$ 2 milhões/mês do governo estadual para o Hospital São Vicente de Paulo termina este mês. A expectativa era que o governo incluísse o hospital no repasse da verba do Programa ‘Santas Casas Sustentáveis’, com aporte de R$ 2.156 milhões mensalmente. Entretanto, isso não deve ocorrer a curto prazo. Isso levou o vereador Wagner Ligabó (PPS) a fazer uma moção de apelo enviada pela Câmara de Jundiaí no dia 7 de junho, que obteve como resposta o programa tornou-se lei em janeiro de 2016, mas ainda não foi regulamentado e para que o repasse seja feito é necessário a regulamentação, que não tem prazo para ser realizado.

A notícia é preocupante, já que o hospital opera mensalmente em déficit de R$ 4 milhões e o repasse seria a oportunidade de minimizara crise financeira.

Para pressionar o governo, Ligabó lançou um abaixo-assinado que pede a mobilização de moradores do Aglomerado Urbano de Jundiaí para a liberação do recurso. Para assinar click neste link.

Leia também

Doria ataca Lula e Bolsonaro e diz que PSDB pode reconstruir o Brasil

Governador de São Paulo foi escolhido como candidato do partido à Presidência da República após …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com