Home / Destaque / HSV amplia leitos para assistência a síndrome gripal a partir deste sábado

HSV amplia leitos para assistência a síndrome gripal a partir deste sábado

A partir deste sábado, dia 15, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) realiza nova adequação de leitos para a assistência a pacientes com síndromes gripais no Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV). A unidade passa a contar com 53 leitos, sendo 26 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 27 de Enfermaria. A última adequação foi realizada no final de dezembro, contemplando 41 leitos (26 de UTI e 15 de Enfermaria).

A decisão é tomada com base nos indicadores diários, que apontam crescimento na média semanal de novas internações na unidade. Entre os dias 31 de dezembro e 06 de janeiro foram 56 novas internações e entre os dias 07 e 13 de janeiro foram 67 novas internações.

“Nossos esforços são diários para acompanhar o desenvolvimento desta nova variante da SARS-Cov-2, ômicron, e da H3N2. Temos a preocupação em nos antecipar às necessidades de nossa população, garantindo que todos estejam assistidos em suas necessidades. Em 2021 realizamos 29 adequações de leitos para que todos pudessem receber a assistência adequada e viabilizamos leitos no Hospital Regional e Hospital Santa Elisa. Estaremos sempre nos empenhando em fazer o melhor e, neste momento em que os casos de síndrome gripal voltam a crescer, pedimos que todos mantenham os protocolos de segurança, com distanciamento social, uso de máscara de proteção, álcool gel e, principalmente, a vacinação”, enfatiza o prefeito Luiz Fernando Machado.

Segundo o gestor da Unidade de Gestão e Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, a ômicron tem características diferentes das cepas anteriores por ter propagação mais rápida, porém com menor gravidade. “Por essa razão é que vamos manter nesta nova adequação o número de leitos de UTI e fazer a ampliação dos leitos de enfermaria, que são uma necessidade pontual. Além disso, temos quatro unidades sentinelas em funcionamento, onde os pacientes com sintomas menos graves têm recebido assistência”, relata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com