Home / Destaque / Jundiaí adere a consórcio para aquisição de vacinas contra Covid-19

Jundiaí adere a consórcio para aquisição de vacinas contra Covid-19

Em mais uma iniciativa em busca da ampliação da oferta das doses de vacinas contra a Covid-19, Jundiaí adere ao consórcio da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que tem por objetivo adquirir vacinas contra o vírus Sars-CoV-2, responsável pela infecção Covid-19 e que tem crescido em todo território nacional.

“Entendemos que a ampliação da oferta das doses de vacinas contra a Covid-19 é essencial para que seja possível o controle do cenário pandêmico, bem como a recuperação da economia. Jundiaí se preparou para a campanha de vacinação, mas, assim como os demais municípios brasileiros, não conta com doses suficientes para a aplicação completa do Plano Municipal de Imunização”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Esta não é a primeira iniciativa do município em busca de complementos às grades vacinais disponibilizadas pelo Ministério da Saúde e encaminhadas pelo Governo do Estado de São Paulo. No dia 24 de fevereiro, logo após a liberação do Supremo Tribunal Federal (STF) liberar os demais entes federados para a negociação e aquisição de doses, o Município encaminhou ofícios para os laboratórios e instituições fabricantes de imunizantes autorizados pela Anvisa para a aplicação em território nacional.

De acordo com o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera, a disponibilização adicional para a cidade avançar em relação específica aos grupos prioritários, demandaria cerca de 50 mil doses. “Estamos no aguardo das respostas aos ofícios encaminhados, na semana passada. Porém, outras alternativas em formato de parceria agregam apoio e fortalecem o poder de negociação”, argumenta.

A inciativa, segundo nota técnica da FNP, é “de construir condições políticas, administrativas, jurídicas e diplomáticas inafastáveis para a aquisição de vacinas por parte dos municípios brasileiros não rivaliza, nem se sobrepõe às iniciativas do Governo Federal e estaduais. Pelo contrário, se somam”.

(Fonte: TVTEC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com