Home / Destaque / JV Regional completa 14 anos neste dia 1º de abril

JV Regional completa 14 anos neste dia 1º de abril

Nestes 14 anos, o  tem evoluído de acordo com as necessidades que linguagem da comunicação exige

 

 

Neste dia 1º de abril, o Jornal A Verdade Regional completa  o seu ‘jubileu de marfim’, uma alusão aos 14 anos de um dos mais importantes semanários da região, cuja história começou em uma data conhecido como o ‘Dia da Mentira’, mas para seu fundador,  Ernesto Francisco Musselli  (Neto) o dia 1º de abril foi  o início de uma trajetória especial em sua vida: a criação do Jornal A Verdade Regional  que nasceu em 2004 e mesmo diante de muitos percalços nesta estrada, cuja caminhada dura 14 anos, o fundador  lembra que o JV tem sido a testemunha ocular ao registrar os fatos mais relevantes de uma região que hoje possui mais de um milhão de habitantes. Além de sua evolução, Neto salientou que neste  tempo, o importante foi ter colaborado com o desenvolvimento dos municípios ao registrar e acompanhar o cotidiano de cada cidade ao informar com responsabilidade, mesmo quando aponta problemas e cobra soluções. “Temos sido sim, a voz, o ouvido e os olhos da sociedade, que a cada dia está mais exigente e com razão”.

PAGINA1.QXD

Cada vez que relembra o ideal de editar um jornal regional, Ernesto reforça a inspiração para a criação do logotipo do JV Regional: a Serra do Mursa. Segundo ele, a serra é um símbolo que mostra não apenas a beleza local, já que parte está em Várzea Paulista, mas também a ecologia e outros tesouros ecológicos da região. Por isso resolveu  colocá-la como símbolo do JV Regional.

Como sempre, ao falar do aniversário jornal, Neto faz questão de enaltecer a base do sucesso deste empreendimento que é Deus e a família. “Sem eles com certeza não teríamos construído nada. Deus está acima de tudo e quando falo de família. Não é apenas a minha família, mas sim, de toda equipe que tem passado pelo Jornal A Verdade Regional e que ajudaram nesta caminhada”, destacou.

Ele conta que o JV Regional nasceu com a filosofia de trazer coisas boas e sem sensacionalismo, um diferencial para a época. “Trabalhamos no sentido de mostrar que a cidade e a região têm coisas boas, inclusive na política”, pontuou o fundador, observando que um dos exemplos é a cobertura doo futebol amador. “Quando iniciamos os jornais não davam tanta importância e nós sempre investimos no esporte amador. Com certeza isso tem garantido a nossa credibilidade”, acrescentou.

Neto enfatizou a importância de trazer inovações para o jornal e avaliou que nestes 14 anos, o JV tem evoluído de acordo com as necessidades que linguagem da comunicação exige atualmente. “Temos trazido para o jornal, uma linguagem mais dinâmica, que o perfil do leitor atual exige. Seguimos a tendência agregando o impresso com as redes sociais, mas sem perder o nosso foco”, analisou.

Ernesto disse ainda que em tempos das “fake News” (notícias falsas na internet), o jornal impresso ainda é o veículo que traz as notícias de forma mais segura, pois trata-se de um documento. “O que acontece é que temos de nos adaptar às novas linguagens e isso tem nos obrigado a nos reinventarmos, assim como os próprios profissionais que atuam neste tipo de veículo”, argumentou. “As mídias com certeza vão evoluir e todas devem conviver juntas. Porém, o diferencial, será a qualidade de suas notícias e quem souber fazer isso melhor, vai sobreviver no mercado”.

Entretanto, segundo Ernesto Francisco Musselli, ser um dos mais importantes e únicos semanários da região implica em maior responsabilidade para com leitores e parceiros, já que existe uma cobrança muito grande. “É um grande privilégio poder chegar aos 14 anos e com muita credibilidade diante dos nossos leitores e parceiros comerciais. Vivemos uma crise sem tamanho que tem afetado toda a nação brasileira e principalmente o segmento jornalístico. Mas, pelas mãos de nosso Deus, continuamos caminhando firme no propósito de levar as informações com muita seriedade”, salientou Neto.

 

 

 

 

 

Leia também

Jundiaí registra cinco óbitos nesta quinta-feira (06), e cidade chega a 1076 vítimas causadas pela Covid-19

A Prefeitura de Jundiaí informa que, nesta quinta-feira (06), cinco óbitos foram contabilizados de residentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com