Home / Destaque / Ladrão que morreu baleado em assalto estava com autorização de ‘saidinha’ do Dia das Mães no bolso

Ladrão que morreu baleado em assalto estava com autorização de ‘saidinha’ do Dia das Mães no bolso

Um dos criminosos baleados ao tentar assaltar a chácara de um ex-praticante de tiro esportivo, na manhã desta quinta-feira (9), em Jarinu (SP), morreu com o documento de autorização para saída temporária de Dia das Mães no bolso. O outro rapaz também não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O documento mostra que Edilson de Paula, de 36 anos, deixou a penitenciária de Tremembé (SP) às 7h de terça-feira (7) e tinha até segunda-feira (13) para retornar à unidade.

De acordo com a Polícia Civil, o outro rapaz, Weverton Aureliano, de 30 anos, havia deixado a prisão em dezembro. Os dois tinham várias passagens na polícia por crimes como roubo, homicídio, porte de arma e tráfico de drogas.

Segundo o delegado Rafael Diorio, a arma usada na ação era documentada e estava sendo preparada para um inventário, pois não era mais utilizada.

Durante a ação, um dos criminosos foi baleado na cabeça e o outro no abdômen quando a dupla rendeu o casal, que saía para trabalhar.

Percebendo o roubo, uma das vítimas conseguiu alcançar a arma e atirou contra os suspeitos, que morreram no local.

O dono da arma foi ouvido na delegacia e não quis comentar o assunto. O caso foi registrado como legítima defesa na delegacia da cidade. A arma foi apreendida.

(Fonte: G1)

Leia também

Anvisa libera CoronaVac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos

Agência vetou dose para menores imunossuprimidos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com