Home / Destaque / Ministério Público abre inquérito para investigar falta de energia na região de Jundiaí

Ministério Público abre inquérito para investigar falta de energia na região de Jundiaí

O Ministério Público abriu inquérito civil para investigar a CPFL Piratininga, em Jundiaí (SP). O promotor Fabiano Pavan quer saber o motivo de tanta demora para restabelecer a energia elétrica em diversas imóveis da cidades nos últimos dias.

Por causa dos temporais dos últimos dias, segundo a concessionária, sete mil imóveis estavam no escuro na manhã desta quarta-feira (27). A companhia reforça que as equipes seguem trabalhando para o restabelecimento da energia no menor tempo possível.

O temporal da última sexta-feira (22) deixou mais de mil clientes sem energia elétrica. Na segunda-feira (25), quase 50 mil imóveis ficaram sem energia, causando prejuízo aos moradores e comerciantes, que perderam produtos mantidos na geladeira.

De acordo com a promotoria, a CPFL será notificada e terá cinco dias para dar explicações. Caso apresente argumentos sobre a situação, o inquérito ficará suspenso até o julgamento do recurso pelo Conselho Superior do Ministério Público (MP).

Em nota, a CPFL Piratininga informou que ainda não foi notificada oficialmente pelo MP, mas que prestará as informações necessárias no prazo para colaborar com a eventual investigação.

De acordo com o MP, se for comprovada a falha no serviço, poderá ser firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para correção do sistema ou, em última hipótese, o ajuizamento de ação civil pública contra a concessionária.

(FOnte: G1)

Leia também

“No trânsito, sua responsabilidade, salva vidas”.

Este é o tema da Semana Nacional de Trânsito (SNT) que é realizada anualmente entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com