Home / Destaque / Movimento de pessoas no Centro de Jundiaí cai 80% na segunda quinzena de junho

Movimento de pessoas no Centro de Jundiaí cai 80% na segunda quinzena de junho

Nesta quarta-feira (24), quantidade de pessoas no Centro foi menor que na primeira quinzena de junho

A quantidade de pessoas transitando na região central de Jundiaí, onde ficam muitas lojas e bancos, caiu 80% na segunda quinzena de junho, na comparação com a primeira metade do mês. O número é da Guarda Municipal e faz parte de um levantamento feito com ajuda das 14 câmeras de monitoramento da GM instaladas no Centro. A média de munícipes nas ruas foi de 100 pessoas por hora na primeira quinzena, contra 20 indivíduos/hora a partir do dia 16.

No último dia 1º, o comércio não essencial começou a reabrir, seguindo o decreto do Governo de São Paulo que prevê a volta gradual do funcionamento de alguns estabelecimentos, por conta da pandemia do Novo Coronavírus. O objetivo era evitar aglomerações e a proliferação da COVID-19.

Segundo a GM, o dia 1º de junho teve no Centro um grande número de pessoas caminhando, depois de mais de dois meses nos quais apenas o comércio essencial ficou aberto. “Perto de mil pessoas/hora transitaram pelas ruas Barão de Jundiaí e do Rosário. Este número foi o pico da movimentação em junho. Vários moradores ficaram fora de suas casas pela vontade de comprar e por ser aquela a primeira semana do mês que o Governo Federal paga aposentadorias e pensões a seus beneficiados”, lembrou Benedito Marcos Moreno, comandante da Guarda Municipal de Jundiaí.

De acordo com ele, a segunda semana também teve média alta de pessoas nas ruas, em razão do dia 11 ter sido feriado de Corpus Christi e porque, em 12 de junho, ter sido comemorado o Dia dos Namorados (data importante para o comércio). “Parte da população mudou seu comportamento. Passou a sair apenas em caso de necessidade e entendeu a gravidade da pandemia”, revelou Moreno.

O comandante da GM comentou que a Corporação fez e continua fazendo um trabalho preventivo e educativo, com guardas a pé e com viaturas orientando as pessoas para que mantenham o distanciamento social e os hábitos de higiene. “Realizamos ainda a fiscalização do comércio e ações voltadas à conscientização em feiras livres e na Serra do Japi. Pelos autofalantes das viaturas, passamos mensagens de orientação aos munícipes para ficarem atentos”, finalizou.

A Região Central de Jundiaí conta com a cobertura do Programa Centro Seguro. A base móvel da GM fica na praça Governador Pedro de Toledo – a praça da Matriz – e oferece à segurança dos munícipes sete câmeras de monitoramento. Diariamente, 12 guardas, um subinspetor e um inspetor fazem as rondas pelo Centro, a pé ou com viaturas.

 

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ

Leia também

senac jundiai

Senac contrata professores para Ensino Médio

O Senac de Jundiaí está contratando professores de várias áreas para o seu Ensino Médio, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com