Home / Saúde / No Dia Internacional da Síndrome de Down, a luta é pelo fim do preconceito

No Dia Internacional da Síndrome de Down, a luta é pelo fim do preconceito

Nesse dia 21 de março comemora-se o Dia Internacional da Síndrome de Down, uma condição genética que leva à características físicas singulares. Ela é causada por um cromossomo extra no par 21 e, embora apresentem deficiências intelectuais e de aprendizado, pessoas com síndrome de Down têm personalidade única, estabelecem boa comunicação e também são sensíveis e muito amorosas.

Conhecido também como trissomia 21, a síndrome é um acidente genético que ocorre no momento da concepção em 95% dos casos. Com o avanço da idade materna existe uma probabilidade maior de gerar um bebê com alterações cromossômicas como a Síndrome de Down, principalmente acima dos 35 anos de idade. Isso acontece, pois, as células mais velhas tem maiores chances de terem erros durante seu processo de divisão, o que pode causar a presença de um cromossomo a mais ou a menos nos óvulos.

Segundo dados da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, a cada 700 crianças, uma nasce com síndrome de Down no Brasil, totalizando em, aproximadamente, 270 mil pessoas. O levantamento também revela que, atualmente, apenas 50 pessoas com a síndrome frequentam ou concluíram o Ensino Superior.

A luta pela inclusão das pessoas com Down nas escolas, no mercado de trabalho e no meio social, protagonizada por organizações nacionais e internacionais, levou à criação do Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorada em 21 de março. A data visa ampliar o debate, trazendo a público mais informação a fim de combater o preconceito contra as pessoas com a síndrome. Essa data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade.

Leia também

Campo Limpo mantém vacinação e idosos começam a receber terceira dose

O último sábado foi marcado pelo início da terceira dose do imunizante contra a Covid-19. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com