Home / Destaque / Olimpíada de Redação em Jundiaí paga prêmios em dinheiro aos vencedores; Região também pode participar

Olimpíada de Redação em Jundiaí paga prêmios em dinheiro aos vencedores; Região também pode participar

O tema da redação é como tema “Quero deixar uma marca no universo” e os prêmios vão de R$ 2.500 para o primeiro colocado de cada categoria a R$ 1.300 para o quinto colocado de cada categoria

A Unidade de Gestão da Educação (UGE) de Jundiaí lançou oficialmente a 13ª Olimpíada de Redação de Jundiaí, que tem como tema “Quero deixar uma marca no universo”. Durante o evento, que contou com uma apresentação do Coral Canarinhos da Terra, também foram entregues os livros com os 60 textos vencedores da edição realizada no ano passado.

Na ocasião, o prefeito Luiz Fernando Machado reafirmou o compromisso da gestão com a criação de uma “cidade educadora”, uma vez que este é o principal legado que uma administração pode deixar à população. “A educação é a única ferramenta que nos permite mudar a realidade. Sabemos dos desafios que temos pela frente, mas quero ressaltar que é nossa prioridade fazer com que o Sistema Municipal de Ensino esteja comprometido com a formação das próximas gerações”, disse.

O chefe do Executivo municipal agradeceu a presença de vários pais durante a cerimônia e comentou que a participação ativa das famílias na educação é muito importante no processo de ensino. “Uma cidade que lê é uma cidade diferenciada e acredito que os pais têm uma relevância muito grande no incentivo à leitura. A realização de um concurso de redação está em linha com o nosso objetivo de contribuir ativamente na capacitação dos jundiaienses”, pontuou Luiz Fernando.

O gestor de Educação, José Antonio Parimoschi, lembrou que as bases de um país são estruturadas em razão da educação e afirmou que, senão houver educação de qualidade, não há política pública que suporte o desenvolvimento. “Por isso, é importante ressaltar que estamos aplicando os nossos recursos de forma prioritária e a educação sem dúvida alguma está no topo das nossas prioridades”, disse. Ele destacou, ainda, que mais importante do que o prêmio em dinheiro oferecido pelo concurso é a oportunidade de fazer parte de uma cidade que valoriza a leitura e a literatura.

Também presente no evento, a diretora de Fomento à Leitura e Literatura, Rosana Faccione, afirmou que um dos objetivos da Olimpíada de Redação é desmitificar a ideia de que escrever é difícil. “Esperamos que o número de inscritos este ano seja ainda maior do que nas últimas edições”, afirmou.

As inscrições para a 13ª Olimpíada de Redação já podem ser feitas pelo site da Prefeitura de Jundiaí, onde também pode ser encontrado o regulamento do concurso. Além de residentes em Jundiaí, moradores da região podem participar em uma das cinco categorias disponíveis: pré-mirim (6 a 7 anos), mirim (8 e 9 anos), infantil (10 a 14 anos), juvenil (15 a 17 anos) e adulta (acima de 18 anos). Cada categoria tem um gênero. Os textos devem ter 5.100 caracteres, no máximo.

Premiação

Uma comissão julgadora, formada por cinco membros especialistas nas áreas de educação e literatura, será designada para avaliar os trabalhos. Serão selecionadas cinco redações por categoria, totalizando 25 textos. Os prêmios serão em dinheiro e os valores vão de R$ 2.500 para o primeiro colocado de cada categoria a R$ 1.300 para o quinto colocado de cada categoria. A cerimônia de premiação está prevista para o dia 29 de setembro, no Parque Comendador Antonio Carbonari (Parque da Uva).

 

Leia também

Queiroga anuncia chegada de 3 milhões de doses da vacina Janssen para terça-feira

Imunizantes chegam na terça-feira e serão distribuídas nas capitais A agência reguladora de medicamentos dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com