Home / Destaque / Operação Noites Frias: equipes da rede socioassistencial continuam nas ruas para a oferta de acolhimento
Os animais de estimação dos acolhidos também são abrigados e recebem proteção contra o frio

Operação Noites Frias: equipes da rede socioassistencial continuam nas ruas para a oferta de acolhimento

Na madrugada desta quinta-feira (19), a Operação Noites Frias contou com quatro equipes da rede socioassistencial nas ruas para a realização das buscas-ativas e atendimentos a chamados para a oferta de acolhimento à população em situação de rua nos abrigos municipais.

“Enquanto as equipes da abordagem seguem nas ruas, zelando pela proteção e preservação de vidas, segue também a nossa orientação para que sempre que alguém identificar alguma pessoa em situação de rua, que a oriente a buscar o Centro Pop ou acione o serviço de busca-ativa pelo telefone (11) 98531-0146. O serviço atende 24 horas e faz o atendimento técnico e encaminhamento dos abordados para os serviços”, comentou a gestora da Unidade de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), Maria Brant.

Em 11 noites de operação, foram realizadas quase 800 abordagens

Na última noite, as equipes realizaram 118 abordagens, que resultaram em 61 acolhimentos, após aceite por parte do usuário. Além da região Central, as equipes cobriram, por meio de buscas espontâneas e chamados, diversos bairros do Município, como vila Hortolândia, Ponte São João, Eloy Chaves, Caxambu, Santa Gertrudes, além das avenidas principais, como Nove de Julho, Jundiaí e União dos Ferroviários, viadutos, pontilhões, terminais urbanos, rodoviária e estação ferroviária.

A Operação Noites Frias é acionada sempre que a previsão de temperatura ao longo da noite é inferior a 13°C, independente do período. Este ano, a operação foi iniciada em 16 de abril e desde então já foi acionada por onze noites, três delas esta semana. No total, já foram realizadas 761 abordagens, 441 acolhimentos (pernoites) de 255 usuários diferentes que deram aceite. Já para quem recusa o acolhimento, as equipes já distribuíram 338 cobertores, além de luvas, toucas e água.

O Centro Pop fica na rua Marechal Deodoro da Fonseca, 504, Centro. O serviço é a porta de entrada para a rede e atende em horário comercial, para o atendimento técnico e oferta de alimentação e higiene, além de identificação de demandas. De lá os acolhidos são direcionados às vagas para pernoite, nos abrigos das organizações da sociedade civil (OSC) com as quais a Prefeitura celebra parceria para atendimento.

Para os acolhidos dispostos a retornar ao seu Município, se estabelecido contato com familiar ou responsável na origem, a rede também promove o recâmbio responsável, principalmente por meio dos modais rodo e ferroviário. Somente durante a Operação já foram realizados cerca de 200 recâmbios.

Os abordados que aceitam as vagas são direcionados para da casa de passagem (foto) e demais abrigos da rede socioassistencial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com