Home / Destaque / Padrasto é preso suspeito de torturar e quebrar pernas de bebê em Jundiaí

Padrasto é preso suspeito de torturar e quebrar pernas de bebê em Jundiaí

Um padrasto suspeito de torturar um bebê de 10 meses foi preso, em Jundiaí (SP), na tarde da quarta-feira (6). O caso era investigado desde a denúncia da mãe feita em outubro deste ano.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe contou que quando reatou o relacionamento a vítima tinha sofrido fraturas em uma das pernas.

Durante a investigação, a Delegacia de Defesa da Mulher apurou que quando ele estava sozinho com o bebê teria torcido as pernas da criança até quebrá-las.

De acordo com a delegada de Defesa da Mulher de Jundiaí, Renata Ono, o homem machucava o bebê de forma a não deixar marcas visíveis.

“Da terceira vez o padrasto entregou o bebê à mãe a perna estava torta e inchada. Torcia as pernas. O menino já tirou o gesso da perna direita e da esquerda ainda não. Acho que não vai ficar com sequelas”, diz.

Prisão
Durante a investigação, a DDM apurou que quando o homem ficava sozinho com o bebê teria torcido as pernas da criança até quebrá-las.

Na ocasião, o Conselho Tutelar foi acionado e o padrasto recolheu os objetos e disse para a mulher que queria se separar.

Os investigadores localizaram o rapaz procurado por um mandado de prisão expedido por tortura. Interrogado, ele negou as acusações e disse que o ferimento foi causado pela própria criança, batendo a perna direita, que estava engessada, na perna esquerda.

O investigado foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Padrasto é preso suspeito de torturar 2

(Fonte: G1)

Leia também

alunos

Atirador deixa feridos em escola em Santa Clarita, nos EUA

Um atirador deixou feridos na escola de ensino médio Saugus, em Santa Clarita, na Califórnia, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com