Home / Destaque / Polícia vai investigar falta de estrutura no IML após corpos aparecerem com supostas mordidas de ratos

Polícia vai investigar falta de estrutura no IML após corpos aparecerem com supostas mordidas de ratos

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a falta de estrutura no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí (SP) depois que alguns corpos que aguardavam exames necroscópicos apareceram com marcas de mordidas que pareciam de ratos.

Pelo menos quatro pessoas procuraram a polícia para fazer a denúncia depois que viram as marcas nos corpos dos parentes. O delegado vai chamar os responsáveis pelo IML e também as funerárias que prestam serviço em Jundiaí.

Em nota, o Instituto Médico Legal informou que ainda não foi notificado sobre o inquérito ou investigação citados. O serviço estadual funciona no mesmo prédio que o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). Atualmente, os serviços realizam seis atendimentos por dia.

O Serviço de Verificação de Óbito disse que já acionou a empresa que presta serviços de controle de pragas e roedores para a tomada de providências. Disse também que o prédio conta com manutenção periódica e limpeza diária.

Segundo o serviço, a última ação de combate à pragas foi realizada no dia 4 de julho, com prazo de validade de 30 dias, estando dentro de vigência.

“Além das medidas já realizadas, o local receberá barreiras mecânicas nas portas, como forma de reforçar a proteção do ambiente. Diante do fato, o SVO lamenta o ocorrido e expressa solidariedade às famílias”, informa.

Ainda conforme a nota, Jundiaí vai apresentar o projeto de construção de um novo prédio para o atendimento do SVO e do IML.

(Fonte: G1)

Leia também

Anvisa libera CoronaVac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos

Agência vetou dose para menores imunossuprimidos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com