Home / Mundo / Portugal enfrenta greve de caminhoneiros

Portugal enfrenta greve de caminhoneiros

Uma greve convocada pelo sindicato dos caminhoneiros que transportam materiais perigosos deixou vários pontos de Portugal— inclusive aeroportos e serviços de ambulância — sem combustível.

Pelo menos 3.000 postos de combustíveis haviam sido fechados nesta quarta-feira (17) devido à falta de gasolina e diesel. Na capital e em muitas áreas metropolitanas, motoristas enfrentam longas filas para abastecer.

Voos foram cancelados em Faro, na região do Algarve. No terminal de Lisboa, o mais movimentado do país, o abastecimento seguia abaixo do normal e precisou ser feito por um comboio de caminhões com escolta policial. Empresas de ônibus afirmam que os estoques de combustível podem acabar em vários pontos já nesta quarta (17). O Inem (Instituto Nacional de Emergência Médica, uma espécie de SAMU lusitano) apelou à população para que ambulâncias e outros veículos de transporte de doentes tenham prioridade nos postos de gasolina.

A greve foi convocada por tempo indeterminado pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, que reivindica o reconhecimento dos caminhoneiros que fazem este tipo de serviço como uma categoria profissional específica, com direito a adicionais relacionados aos riscos e melhor remuneração. Nos três primeiros meses do ano, foram mais de duzentos pré-avisos de greve.

Vale ressaltar que Portugal terá, em outubro deste ano,um pleito para escolher seus novos deputados e primeiro-ministro.O que aumenta a pressão sobre o atual ministro português Antônio Costa.

Imagem: AFP

Leia também

ONU: há milhares de mortos a mais na Ucrânia

Maioria das mortes ocorreu devido ao uso de armas explosivas Por Emma Farge – Repórter …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com