Home / Destaque / Prefeito de Campo Limpo, Dr. Luiz Braz, faz balanço de 2021 e espera um grande ano novo

Prefeito de Campo Limpo, Dr. Luiz Braz, faz balanço de 2021 e espera um grande ano novo

A previsão era de que 2021 não seria um ano fácil em Campo Limpo Paulista – como não foi. Endividada e com problemas até de limpeza urbana, a cidade chega ao final deste ano sem restrições para recebimento de verbas e com as contas em dia. “Não passamos o ano reclamando, mas sim trabalhando e encarando as dificuldades como desafio”, fala o prefeito Dr. Luiz Braz. Boa gestão, revisões contratuais e redução de gastos inclusive com folha de pagamento fizeram com que a prefeitura chegasse aos R$30 milhões de economia, buscando recursos estaduais e federais, cuja expectativa é de que cheguem a R$16 milhões. Esta semana, o prefeito recebeu a reportagem do JV Regional para fazer um balanço. Veja a entrevista na íntegra:

Jornal A Verdade Regional – Esse foi um ano de desafios? Como foi assumir uma prefeitura com tantos problemas e ainda, enfrentar esse ano complicado?

Prefeito Dr. Luiz Braz – Começamos o ano de  2021 devendo mais de R$ 20 milhões, entre fornecedores, INSS e Receita Federal – dívidas que tiveram que ser pagas e regularizadas de imediato. Além de uma dívida com parcelamentos em longo prazo de mais de R$ 40 milhões. Foram mais de 30 processos analisados por uma comissão especial de investigação, que renderam devolução de dinheiro aos cofres públicos e troca de  fornecedores para produtos e serviços.

JV Regional – Apesar de encontrar uma prefeitura sucateada e como o sr já disse algumas, com várias arapucas, não ficou reclamando. Correu atrás do prejuízo..

Dr. Luiz Braz – Sim! Entre as medidas mais importantes para alavancar o desenvolvimento da cidade estão ações como regularizações de certidões que impediam o recebimento de recursos e o pagamento de dívidas, a curto e médio prazo. Imagine que nossas dívidas eram com FGTS, INSS, Receita Federal e fornecedores, não podíamos receber repasses de FPM (Fundo Participação de Municípios) e nem do governo Federal. Tudo isso hoje está resolvido.

JV Regional – Tanto o sr. como o Paulo Fávaro arregaçaram as mangas e foram atrás de parcerias, de verbas para a cidade. Como foram esses resultados?

Dr. Luiz Braz – Sim, fomos em busca de recursos porque a cidade estava abandonada, sem perspectivas. Precisamos de recursos para obras que são necessárias, novos programas, para podermos fazer a mudança que a cidade espera e precisa. Campo Limpo Paulista é uma cidade que tem muitos amigos, tanto deputados como o governador João Dório e seu vice, Rodrigo Garcia, abriram as portas para nosso município. Temos uma previsão de receber em torno de R$ 16 milhões em repasses estaduais e federais.

JV Regional – Também temos novidades com relação a novas empresas para cidade e parece que o distrito industrial do Jardim Laura vai realmente virar realidade?

Dr. Luiz Braz – Sim, temos sim. É preciso entender que o momento de mudarmos o cenário é o agora. Trabalhamos de maneira empenhada para que empresas novas cheguem ao município e gerem postos de trabalho em Campo Limpo Paulista – como Boa Supermercados, Brasil Coleta e Panatlântica. Uma ação com o objetivo de melhorar as condições de vida e empregabilidade dentro do município.  Segundo o vice-prefeito Paulo Fávaro, o projeto do condomínio empresarial no Jardim Laura que estava parado há 8 anos, voltou a andar. Nossa gestão está buscando criar uma política de atração de empresas.

JV Regional – O sucesso da vacinação foi enorme em Campo Limpo Paulista. Inclusive, o trabalho de combate a Covid teve uma amplitude regional. Como isso foi possível?

Dr. Luiz Braz – No momento de maior alta do índice de Covid no país, Campo Limpo Paulista não registrou falta de leitos e o Hospital de Clínicas – o HC que até então era um grande posto de saúde, provou ser um excelente hospital.  Com apenas dois meses no cargo, conseguimos triplicar o número de leitos passando para 23 de internação e mais 10 leitos de UTI, exames como ultrassom e tomografia. Tudo para melhorar a qualidade do atendimento e a resolutividade dos casos.

Não podíamos admitir ficar sem vagas ou ver nossa população dependendo de um serviço fora da cidade. Fizemos a nossa  parte, assumindo o protagonismo regional no atendimento dos pacientes locais, além de Várzea Paulista e Jarinu, com a implantação de hospital de campanha e uma UTI Covid.

Nota do jornal – Até o fechamento desta retrospectiva foram aplicadas 182 mil vacinas em Campo Limpo Paulista.

JV Regional – A gente hoje anda por Campo Limpo Paulista e vemos que existem problemas, claro, mas já não é mais a cidade suja e cheia de mato do ano passado. O que o sr. considera que seja a maior demanda hoje?

Dr. Luiz Braz – Os recursos administrados de maneira correta nos renderam uma cidade melhor cuidada e limpa, sem alagamentos, com manutenção das estradas de terra, recapeamento de vias e tapa buracos.  Entre os números mais expressivos que divulgamos estão, por exemplo, 1 milhão de metros quadrados em limpeza urbana, algo equivalente a quase 100 campos de futebol.  Hoje, a equipe de Serviços Urbanos chega à marca de 90% das estradas de terra com manutenção preventiva e 1400 toneladas de asfalto, usados em operação tapa buracos

JV Regional – O que o morador de Campo Limpo Paulista pode esperar para o próximo ano?

Dr. Luiz Braz – A redução dos índices de Covid-19 e o sucesso da vacinação começam a retomar as atividades na cidade, com distanciamento. A inauguração do Natal Luz, por exemplo, marcou um novo momento em Campo Limpo Paulista

O Centro Esportivo segue cheio de atividades e agora também é a “casa” do Metropolitano – equipe profissional que vai revelar os nossos pequenos talentos do futebol. A Cultura reabre as portas da biblioteca, de novos eventos e também do Teatro Municipal fechado por 8 anos.

A criação de dois programas sociais na cidade também merece destaque. São eles: Ação Cidadão e Pró Educa que oferecem bolsa auxílio e a chance de qualificação profissional, em troca de serviços de melhoria da cidade como um todo.

Teve também entrega de casas no Parque Internacional e regularização de 70 imóveis no Jardim Brasília, que têm suas escrituras, além de entrega de praças e de áreas de lazer nos bairros.  A gente está trabalhando muito, muito mesmo e acreditamos que no próximo ano, teremos uma cidade com muitas coisas novas, projetos e programas.

Chegamos ao mês de dezembro com desafios vencidos, contas públicas em ordem e muitas ações previstas para 2022. Aos poucos a gente vai descobrindo que Campo Limpo Paulista vive.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com