Home / Destaque / Prefeitura de Campo Limpo esclarece dúvidas sobre Sistema Temporal para grupo de manifestantes

Prefeitura de Campo Limpo esclarece dúvidas sobre Sistema Temporal para grupo de manifestantes

Um grupo que se apresentou como representante de usuários do sistema de transporte público de Campo Limpo Paulista foi recebido na tarde desta quarta, 24, para tirar dúvidas sobre o novo Sistema Temporal, que teve início há 15 dias na cidade. A reunião foi conduzida pelo chefe de Gabinete Leandro Bizetto, acompanhado das áreas técnicas.

O objetivo do encontro, segundo os chefes dos manifestantes, foi responder aos questionamentos feitos pelos passageiros, principalmente nas redes sociais. Entre eles, a obrigatoriedade do uso do cartão individual, os intervalos para integração e cobrança duplicada – medidas que foram, inclusive, detectadas e resolvidas entre administração e empresa, com orientações divulgadas pela imprensa, redes sociais, site e demais mídias externas.

A Prefeitura também respondeu à comissão sobre o pagamento híbrido (com dinheiro e cartão) no intermunicipal – que não é possível se o objetivo for a integração, pois os validadores só fazem a leitura por cartão. “Sim, o sistema é bom, mas a gente tem que acertar o que é preciso e estamos aqui hoje, porque queremos ser parceiros da administração municipal”, falou o advogado Lindomar Macedo, advogado da comissão.

A maior queixa foi a de que não houve tempo hábil para a adaptação do usuário, fato que a diretora de Transporte Margarete Machado lembrou que foi feito, inclusive com cartazes em todos os ônibus. Mas reconhece que para dar mais conforto nos dias iniciais, diversas atitudes foram exigidas pela Prefeitura e acordadas pela RLC, como abertura de catracas no intermunicipal, de um novo posto para confecção de cartão em Jundiaí e ainda, mais funcionários foram disponibilizados no Terminal Central agilizando o atendimento para novos cartões, para auxiliar neste processo de mudança.

Apesar de serem unânimes em afirmar que o Sistema Temporal é bom e representa um avanço no transporte público da cidade, terem suas dúvidas elucidadas e se colocarem a favor da Prefeitura na busca de todas as melhorias, bem como de ajudar a tirar as dúvidas em seus grupos sociais, vão manter os protestos no terminal para coletas de assinaturas cujo objetivo é o de solicitar o contrato da RLC (https://www.campolimpopaulista.sp.gov.br/docs/1999_074_rluxo.pdf).

A comissão garantiu que o movimento não é político e nem contra a atual administração municipal. Fizeram parte da comissão Elizangela Rosa, Roberto Santos, Edson Luiz e Lindomar Macedo (advogado do grupo).

 

Assessoria de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com