Home / Destaque / Prefeitura e Sebrae assinam programa de fomento à economia jundiaiense

Prefeitura e Sebrae assinam programa de fomento à economia jundiaiense

A Prefeitura de Jundiaí aderiu, na manhã desta segunda-feira, ao PDL (Programa de Desenvolvimento Local), do Sebrae, que permitirá, a partir de um diagnóstico das principais vocações econômicas da cidade, fomentar setores e qualificar os micro e pequenos negócios em Jundiaí. Após o diagnóstico, serão realizadas uma série de ações na forma de programas técnicos, projetos e atividades de apoio aos microempreendedores individuais (MEI), às microempresas (ME) e às empresas de pequeno porte (EPP), com vistas ao fomento da economia local. Ao todo, o investimento do Sebrae neste projeto é de R$ 1.846.931,00, sem qualquer contrapartida financeira para a Prefeitura.

O PDL faz parte do programa Jundiaí Empreendedora, criado para diminuir, no âmbito econômico, os reflexos negativos na pandemia da Covid-19. Participam desse trabalho, além da Prefeitura e do Sebrae, a chamada Governança, que conta com diferentes organizações da sociedade civil. A assinatura de declaração de adesão ocorreu no Paço Municipal, na presença de autoridades e gestores. “Precisamos despertar cada vez mais a cultura empreendedora nas pessoas”, destaca o prefeito Luiz Fernando Machado. “Essa adesão da Prefeitura ao PDL vai ao encontro das propostas da nossa gestão, aumentando oportunidades, gerando negócios, renda para as pessoas e mais riqueza para a nossa cidade.”

O evento de assinatura contou com a participação do diretor administrativo-financeiro do Sebrae, Guilherme Campos, para quem “o compromisso com o empreendedor é a razão de existir do Sebrae”. Ele explicou também que o órgão não está apenas próximo dos empresários. “Cada vez mais, estamos nos aproximando das prefeituras.”

A implantação do PDL será em dois momentos: de março a maio serão feitos um levantamento de dados e um diagnóstico das características da cidade; depois, de junho a dezembro, serão implantadas as ações.

Segundo o gerente regional do Sebrae, Marcelo Paranzini, o PDL possibilitará, após seu diagnóstico, a capacitação do empreendedor, a formalização de negócios e ações para aumentar a cultura do empreendedorismo na cidade. “Identificamos a possibilidade de trazer para Jundiaí um trabalho focado em resultados.”

Como explica o gestor de Governo e Finanças da Prefeitura de Jundiaí, José Antonio Parimoschi, neste período de pandemia, a ordem é proteger a saúde das pessoas, mas também preservar empresas e empregos. “Estamos fazendo essa parceria para preservar as bases da nossa economia e desde o início da pandemia nos antecipamos aos problemas”, observa. “Em um primeiro momento, ainda no ano passado, trabalhamos para mitigar os impactos negativos na economia; agora, queremos fortalecer a vocação do município por meio de um programa inteligente de qualificação do nosso ambiente de negócios, que é o PDL.”

“É muito importante fazer um programa com essas características, que fomente a capacitação do empreendedor e estimule ainda mais nosso desenvolvimento”, declara o gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes.

Além da presença de gestores e quadros técnicos do Sebrae e da Prefeitura de Jundiaí no evento de adesão, representantes das entidades da Governança acompanharam de forma on-line.

 

Jundiaí Empreendedora

Com o objetivo de promover o enfrentamento dos impactos econômicos, decorrentes das consequências da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Jundiaí lançou, em abril de 2020, o programa Jundiaí Empreendedora, em uma união de esforços com entidades empresariais e sindicais, instituições do Sistema S, organizações da sociedade civil, empresas, autarquias e Poder Legislativo visando à manutenção das atividades econômicas na cidade.

Em 2020, foram 143 ações realizadas a partir da participação de 5,5 mil pessoas, entre capacitações, workshops, webinars, para qualificar empreendedores e evitar o fechamento de empresas e vagas de empregos. Para 2021, a proposta é triplicar o número de participantes e ampliar atividades e parceiros envolvidos. Mensalmente, todas as ações são revisadas, avaliadas e adaptadas ao cenário atual.

Leia também

Trotes

Trotes ainda são ameaça aos serviços de urgência

Mesmo com todas as campanhas de conscientização e leis que fazem do trote uma contravenção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com