Home / Destaque / Procon orienta população sobre consignados

Procon orienta população sobre consignados

Para realizar aquele sonho guardado na gaveta ou mesmo colocar os boletos em dia, muitos recorrem ao empréstimo consignado. Com taxas de juros mais baixas, essa modalidade atrai muita gente. Em muitos casos, esse desconto compromete a renda com o teto para consignados, que em 2021 foi de 35% e agora está em 30%.  Para o sonho não virar pesadelo, o Procon de Jundiaí faz um alerta importante. 

“Verifique a necessidade de contrair uma dívida, que apesar de oferecer taxas mais baixas, compromete a renda por um período longo e em caso de uma real urgência, o consumidor acaba sem saída”, destaca a chefe do serviço, Gabriela Ribas Glinternik.

De acordo com ela, o ideal é que as dívidas não ultrapassem a 30% do rendimento. “Não acredite em ofertas milagrosas. Não tenha pressa em contratar com medo de perder a taxa que alegam ser só para aquele dia.”

Caso resolva fazer o empréstimo, o consumidor deve ler o contrato, os valores das parcelas e o valor que será creditado na conta. “Se estiver diferente do que foi informado, não assine. Não faça a contratação sem antes ter o contrato em mãos.”

A Instituição Financeira deve informar o valor total financiado com e sem juros; taxa mensal e anual de juros; acréscimos remuneratórios, moratórios e tributários e o valor, número e periodicidade das prestações. Todos estes dados devem constar do contrato, assim como a identificação e assinatura das partes. Uma via deste documento deve sempre ser entregue ao consumidor.

Na quarta-feira (25), o Procon Móvel esteve no Paço Municipal para orientar sobre demandas

Outro alerta de Gabriela é sobre a oferta de cartão de crédito consignado. “O uso pode acarretar em encargos do crédito rotativo.“

Importante – As queixas sobre consignados estão entre as principais reclamações registradas no Procon. Em 2021, entre as 10 primeiras empresas do ranking do Procon, sete são bancos, com 244 reclamações. O primeiro lugar ficou para um banco que realiza empréstimos, com 79 reclamações.

No geral, empréstimo não realizado pelo consumidor, dúvidas quanto ao saldo devedor e condições do contrato são os principais registros no Procon. Você pode consultar o ranking completo aqui: https://procon.jundiai.sp.gov.br/cadastro-de-reclamacoes-fundamentadas/

Especificamente para os segurados do Instituto de Previdência do Município de Jundiaí (IPREJUN), os segurados podem solicitar o bloqueio dos consignados. Para isso, basta entrar em contato com a equipe de folha de pagamento, por telefone (11 – 3109-0586) para realizar a solicitação. Caso o segurado necessite desbloquear novamente, é necessário comparecer pessoalmente ao IPREJUN. No caso de segurados do INSS, a autorização também é feita pelo beneficiário por meio de um serviço eletrônico com acesso autenticado.

Precisa de auxílio? Fale com o Procon https://procon.jundiai.sp.gov.br/formas-de-atendimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com