Home / Destaque / Professor Rodolfo perde mais uma na tentativa de calar o JV

Professor Rodolfo perde mais uma na tentativa de calar o JV

Sem conseguir provar que as matérias publicadas pelo Jornal A Verdade são inverídicas, o candidato Professor Rodolfo, depois de perder na Justiça sobre a matéria “A Verdade da Serra do Mursa” mais uma vez tentou calar a imprensa e acusou o Jornal A verdade de veicular propaganda negativa e desfavorável sobre ele na edição 847 veiculado entre 18 a 24 de setembro de 2.020. E impetrou uma representação eleitoral por propaganda negativa e antecipada na Justiça, alegando que o jornal “ignorou técnicas elementares de jornalismo e em uma demonstração clássica de tendência jornalística” e o tratou como “alguém que além de ter escolhido um péssimo candidato a vice-prefeito, também é um condenado”, argumentando que a matéria veiculada teve por objetivo “macular a sua imagem” e “influenciar o eleitorado”, mais uma vez foi derrotado.

A Juíza Eleitoral Flavia Cristina Campos Luders julgou improcedente a representação eleitoral justificando que …”consta da matéria veiculada que “Mesmo em discurso efusivo, o, agora candidato Rodolfo PSDB, não respondeu as dúvidas sobre os processos que responde na Justiça em Várzea Paulista”. O texto não contém nenhuma referência à condenação do candidato. Nesses autos, o requerente deixou de comprovar que a matéria contém informações falsas”…E enfatiza que a Justiça Eleitoral deve limitar-se a coibir a propagação de “Fake News” e que informações verdadeiras podem ser divulgadas, ainda que isso represente prejudicar esse ou aquele candidato”… O argumento vai além e diz: “O candidato não pode recorrer à Justiça Eleitoral sempre que se sentir desconfortável com a divulgação de dados ou informações verdadeiras, mas capazes de prejudicá-lo”, diz o documento.

Por fim a Juíza eleitoral em sua decisão pontua que o representante (Professor Rodolfo) não conseguiu comprovar que a matéria contra a qual se insurgiu foi paga pelo candidato favorecido. “Dito isso, nada há de irregular a ser reconhecido, o que impede o acolhimento dos pedidos Formulados”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com