Home / Polícia / R$ 700 POR DIA?: “Com a pandemia, não há emprego, E AQUI CONSEGUI TRABALHO”

R$ 700 POR DIA?: “Com a pandemia, não há emprego, E AQUI CONSEGUI TRABALHO”

Fábio Estevam / Um homem de 22 anos, preso por guardas municipais da Operações com Cães (Canil) enquanto vendia drogas na tarde desta terça-feira (2), no Jardim Tamoio, em Jundiaí, disse aos GMs que, traficar, foi o único ‘trabalho’ que ele conseguiu durante este período de quase um ano de pandemia.

Os guardas da viatura 10121 faziam patrulhamento quando flagraram o rapaz, no meio da rua (final da Carlos Ângelo Mathion), com uma sacola nas mãos. Os ‘olheiros’ falharam e ele não teve tempo de escapar. Apesar de correr para uma área de mata, foi alcançado e preso. Com ele havia 50 porções de cocaína e 19 de crack, além de R$ 36.

EMPREGO

Questionado, ele disse que durante a pandemia as empresas deixaram de contratar e ele não conseguiu emprego. Sem opção, segundo ele, o jeito foi se candidatar a uma vaga na biqueira. Chamado para a entrevista, soube que o salário seria de acordo com as vendas e que ele seria responsável por drogas químicas. Aos guardas, contou que estava conseguindo faturar R$ 700 por dia.

Apesar de agora contar com experiencia em uma nova ‘profissão’, a de traficante (ele já tem experiência em roubo), ele terá de esperar até que saia da cadeia para entregar currículos, ou mesmo retornar à traficância. Isso porque, conduzido ao DP, foi autuado em flagrante e indiciado pelo crime que cometeu.

 

🚒 Curta nossa página no Facebook, siga-nos, e fique por dentro das principais notícias policiais de Jundiaí e Região. Acesse: https://www.facebook.com/jvregional

🚑 Polícia, agora, é com o JV POLÍCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com