Home / Destaque / Revisão do Plano Diretor de Jundiaí será apresentada em audiências nos bairros

Revisão do Plano Diretor de Jundiaí será apresentada em audiências nos bairros

Após mais de um ano de trabalho intenso, durante o qual foram realizadas dezenas de reuniões públicas para discutir os diferentes temas tratados no Plano Diretor, a Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) disponibiliza o resultado dos estudos desenvolvidos, consolidados em uma proposta de revisão que ainda será submetida a audiências públicas. Estão previstas 6 audiências públicas com o propósito de facilitar o acesso e a participação da população de cada região.

De acordo com o gestor da Unidade de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Sinésio Scarabello Filho, a revisão tem por objetivo promover a adequação da Lei 8.683/2016, sobretudo para reduzir restrições à instalação de pequenos estabelecimentos de comércio e de prestação de serviços, consideradas a causa principal de reivindicações da população. O gestor esclarece, também, que a proposta não abrange o Território de Gestão da Serra do Japi, que continua sendo protegido pela Lei Complementar n.º 417/2004, além das normas de âmbito Estadual e Federal como o Resolução de Tombamento e o Decreto n.º 43.284/98, que regulamento das Áreas de Proteção Ambiental (APAs) de Jundiaí e Cabreúva.

Da mesma forma, foram mantidas as disposições que tratam da aplicação dos instrumentos do Estatuto das Cidades, assim como os princípios e os objetivos que orientam o Plano Diretor. “A revisão organizou o texto para ficar didático, eliminou redundâncias sem qualquer prejuízo ao conteúdo. Houve adequação na forma da classificação das atividades com a criação de grupos de acordo com o grau de incomodidades, além da revisão da classificação viária e de portes”, detalha.

O gestor ainda explica que os parâmetros que determinam o uso do solo são: classificação da atividade, porte da atividade, zona de uso do solo e a classificação viária. “As vias são classificadas de acordo com sua função urbanística, que não se refere exclusivamente à capacidade de tráfego ou dimensões. A Rua do Retiro, por exemplo, é uma via que serviu de ligação entre as cidades, com a predominância de comércios ao longo do seu trecho”, detalha.

A revisão do Plano Diretor está disponível para leitura e download pelo link.

 

Cronograma das Audiências Públicas

16/02/2019         SAB do Bairro do Traviú Rua Luiz Carbonari, n°100, Bairro Traviú das 9 às 12 horas; 18/02/2019  EMEB Carlos Foot Guimarães – Rua Ângelo Bardi, n°35, Bairro Jardim Santa Gertrudes das 19 às 22 horas; 20/02/2019             EMEB Judith Almeida Curado Arruda- Rua José Seckler Machado, n° 500, Bairro Cidade Nova  das 19 às 22 horas; 23/02/2019 Auditório Elis Regina – Complexo Argos – Avenida Dr. Cavalcanti, n° 396, Bairro Centro das 9 às 12 horas; 25/02/2019               EMEB Ivo de Bona – Rua Avenida Francisco Roveri, n° 505, Bairro Parque Residencial Almerinda Chaves das 19 às 22 horas e 27/02/2019                EMEB Professor Geraldo Pinto Duarte Paes – Rua Angelo Pernambuco, n° 180, Bairro Parque Eloy Chaves das 19 às 22 horas.

Leia também

Covid-19: Profissionais da Saúde devem se atentar para documentação necessária à vacinação

O agendamento de vacinas contra a infecção causada pelo Novo Coronavírus para os profissionais que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com